Federação Paulista de Volleyball

FPV

Vôlei Futuro enfrenta Tigre/Unisul/Joinville, em Araçatuba

16 jan 2009

 


 


Fonte: CBV


 


Rio de Janeiro – Vôlei Futuro (SP) e Tigre/Unisul/Joinville (SC) começaram o terceiro turno da Superliga Masculina de vôlei 08/09 com vitória. No entanto, nesta sexta-feira (16.01), apenas um deles continuará invicto. A equipe paulista receberá a catarinense, pela segunda rodada, às 20h30, no ginásio Abel Schulz, em Araçatuba (SP).


 


Com 12 pontos – quatro vitórias e oito derrotas –, o Vôlei Futuro está em oitavo colocado na classificação geral da competição. Já a Tigre/Unisul/Joinville, com 21 pontos – nove vitórias e três derrotas –, está em terceiro lugar.


 


Após a vitória conta o GAC Logistics/Santo André (SP), o treinador da Tigre/Unisul/Joinville, Giovane Gavio, ficou contente com a evolução dos jogadores após os treinamentos do final do ano. Para a partida desta SEXTA, Giovane espera ver sua equipe readquirindo o ritmo de jogo.


 


“A equipe demonstrou estar num patamar acima do que vinha apresentando nos dois primeiros turnos. Tivemos mais tempo para treinar com a folga de fim de ano e, agora, com a seqüência de jogos, ganharemos maior ritmo e poderemos alcançar um bom nível”, afirma Giovane.


 


Ciente de que o Vôlei Futuro apresentou um bom voleibol na primeira rodada do terceiro turno, o treinador do Tigre/Unisul/Joinville espera uma partida complicada e já instruiu seu time a ficar atento com a principal arma adversária.


 


“Vamos jogar no ginásio deles e teremos como dificuldade a pressão da torcida adversária. Além disso, o saque será a principal arma do Vôlei Futuro. Temos de ficar atentos e não bobear na recepção”, analisa Giovane.


 


E a preocupação do técnico Giovane Gávio se confirma quando o técnico do time adversário expõe suas armas para conquistar a vitória. De acordo com o treinador do Vôlei Futuro, César Douglas, o saque pode fazer mesmo a diferença a seu favor.


 


“Conseguimos equilibrar o jogo contra a Tigre/Unisul/Joinville na casa deles sacando forte. Se fizermos o mesmo aqui, em nosso ginásio, com o apoio de nossa torcida, podemos vencer. Aliado a isso, temos o forte calor que está fazendo na cidade. Estamos mais acostumados e vamos tentar aproveitar”, afirma César Douglas, lembrando que as equipes se enfrentaram na segunda rodada do segundo turno, em Joinville (SC), e o time da casa venceu no tie-break.


 


Assim como seu adversário, o Vôlei Futuro também evoluiu bastante na ótica de seu treinador.


 


“Decidimos que essa parada no final do ano seria nossa oportunidade de melhorar. Só que deveríamos melhorar mais que os demais. Então, decidimos voltar ao trabalho antes que muitas outras equipes. Isso deu resultado e, se eu fosse citar uma melhora apenas, falaria do amadurecimento. Voltamos focados em nosso objetivo, que é vencer sempre dentro de casa. Para isso, vamos impor nosso ritmo contra os times que brigam conosco por uma posição na classificação geral e partir para cima dos chamados favoritos”, revela César.


 


Sobre o adversário, o técnico do Vôlei Futuro fez vários elogios. “É indiscutível o altíssimo nível da Tigre/Unisul/Joinville. No entanto, não podemos apenas nos preocupar com os talentos individuais deles, já que desde o segundo turno eles vêm apresentando um entrosamento cada vez melhor. Para vencê-los, precisamos minimizar ao máximo nossos erros, principalmente quando nosso passe sai quebrado”, conclui César Douglas.


 


A segunda rodada do terceiro turno será completada neste sábado (17.01), com mais cinco jogos. No ginásio Jones Neves, em Vitória (ES), o Álvares/Vitória (ES) enfrentará o Lupo/Náutico/Let’s (SP), às 11h. Logo depois, às 11h30, será a vez de Vivo/Minas (MG) e Bento Vôlei (RS), estarem frente a frente na Arena Vivo, em Belo Horizonte.


 


À tarde, outros dois jogos. Em São Bernardo do Campo (SP), o Santander/São Barnardo (SP) jogará com o Sada Cruzeiro Vôlei (MG), às 17h, no ginásio Poliesportivo. Já no ginásio Pedro Dell´Antonia, em Santo André (SP), o GAC Logistics/Santo André (SP) receberá a Cimed/Brasil Telecom (SC), às 17h30.


 


No encerramento da rodada, às 20h, a Fátima/Medquímica/UCS (RS) enfrentará a Ulbra Suzano Massageol (SP), no ginásio Tupinambás, em Juiz de Fora (MG).

Veja também:

Rua Dr. Rafael de Barros, 596
CEP: 04003-043 - São Paulo, SP
(11) 3053-9560