Federação Paulista de Volleyball

FPV

Vôlei feminino tenta nova fórmula no Campeonato Paulista

23 ago 2006

São Paulo – Com nova fórmula de disputa, criada para ampliar o tempo de atividade de equipes e atletas, o Campeonato Paulista de Vôlei Feminino será aberto nesta quinta-feira no Ginásio Lauro Gomes, em São Caetano do Sul. O pentacampeão Finasa/Osasco e o Vôlei Futuro-Araçatuba fazem a preliminar, a partir das 18 horas. Em seguida, o São Caetano-Mon Bijou recebe o Fiat-Paulistano na partida de fundo.

Serão seis Grand Prix com duração de três dias, sempre com rodadas duplas. Cada etapa contará com quatro participantes, deixando dois times de folga por GP. Passada essa fase, as equipes se enfrentam em turno único e as quatro melhores classificadas vão às semifinais. Pinheiros/Blue Life e São Bernardo ficam de fora do primeiro torneio.

“É um modelo atraente, apesar da longa duração”, aprova Iurandi Lima Costa, técnico interino do São Caetano-Mon Bijou, que reconhece o franco favoritismo do Finasa-Osasco, mas não descarta a possibilidade de uma surpresa. “Fiat/Paulistano, Pinheiros/Blue Life e nossa equipe serão adversários de respeito”, adverte.

O São Caetano-Mon Bijou inicia sua caminhada contra um time que conhece bem. Recentemente, na decisão do terceiro lugar da Copa São Paulo, o clube do ABC venceu por 3 a 2. Iurandi, que comandará o elenco até outubro, quando o treinador Antonio Rizola retornará da seleção brasileira juvenil, sabe das dificuldades que encontrará na estréia. A base do tradicional clube da capital paulista é formada por atletas oriundas do Minas. Os principais destaques do grupo dirigido por Carlos Alberto Villar Castanheiras, o Cebola, são a ponteira Fernanda Garay e a oposta Joycinha.

“A equipe passava por uma fase de renovação no começo do ano e deve ter crescido bastante. Seus pontos fortes são saque e bloqueio. Será uma partida bastante disputada”, prevê Iurandi, que também vê melhoras no São Caetano/Mon Bijou. “Evoluímos em alguns fundamentos, como defesa e contra-ataque. Estamos bem entrosados e isso poderá fazer diferença a nosso favor”, imagina. O fator quadra é outro aspecto que pretende explorar, já que foi fundamental na conquista da inédita 4ª colocação na última edição da Superliga.

Fonte: MF2

Veja também:

Rua Dr. Rafael de Barros, 596
CEP: 04003-043 - São Paulo, SP
(11) 3053-9560