Federação Paulista de Volleyball

FPV

Vivo/Minas supera Vôlei Futuro e segue invicto

06 nov 2008

 


 


Fonte: CBV


 


Rio de Janeiro – Liderado pelos campeões olímpicos André Heller e André Nascimento, o Vivo/Minas (MG) conquistou nesta QUARTA-FEIRA (05.11) sua terceira vitória consecutiva na Superliga Masculina de Vôlei 08/09. Jogando na Arena Vivo, em Belo Horizonte, a equipe mineira superou o Vôlei Futuro (SP) por 3 sets a 0 (27/25, 25/18 e 25/22), em 1h39 de partida.


 


Com o resultado, o time mineiro chega a seis pontos no grupo B e se mantém invicto após a terceira rodada do primeiro turno. A equipe de Araçatuba (SP) soma agora três pontos e acumula a terceira derrota consecutiva na Superliga 08/09.


 


O oposto Wallace, do Vôlei Futuro, foi o maior pontuador da partida com 18 acertos – 15 de ataque, dois de saque e um de bloqueio. Pelo Vivo/Minas, o ponteiro Mauricio marcou 12 vezes. O ponteiro Ezinho, que atuou como líbero pelo time mineiro, recebeu o Troféu VivaVôlei de melhor jogador na quadra.


 


“O Vôlei Futuro é uma equipe que já conhecíamos bem. Enfrentamos o time no Campeonato Paulista e eles nos deram bastante trabalho. Fizemos um ótimo jogo. O melhor de tudo é que todos os jogadores puderam participar. O Vivo/Minas conta com um elenco forte e pode se dar ao luxo de alternar os jogadores ao longo das partidas”, analisa o meio-de-rede e capitão do time mineiro André Heller.


 


O jogo


 


Com três campeões mundiais juvenis de 2007 na quadra, o levantador Fidele, o central Junior e o oposto Wallace, o Vôlei Futuro iniciou a partida melhor. Após um ponto de saque de Wallace, o time de Araçatuba chegou a ter 11/5. Aos poucos, o Vivo/Minas foi se encontrando no jogo e reduziu a vantagem para 18/17 após um contra-ataque do ponteiro Mauricio. O placar seguiu apertado até o final, quando Junior atacou para fora e deu a vitória ao time da casa: 27/25.


 


A segunda parcial também começou favorável ao time paulista. Após um ataque para fora de André Heller, vantagem de 5/2 para o Vôlei Futuro. Com uma boa passagem de André Nascimento pelo saque, o Vivo/Minas virou para 6/5. Durante o set, o líbero Daniel se contundiu e foi substituído pelo ponteiro Léo na função. Após um bom ataque do ponteiro Wanderson, a diferença chegou a quatro pontos: 14/10. No fim, o oposto Fábio explorou o bloqueio do time paulista e fechou a parcial em 25/18.


 


No terceiro set, quem começou à frente foi o Vivo/Minas, que foi para o primeiro tempo técnico com 8/5 no placar. Na segunda parada, a diferença era ainda maior: 16/11. Forçando o saque sobre Mauricio, o Vôlei Futuro conseguiu uma boa seqüência de pontos e reduziu a desvantagem para 20/21, mas não evitou a derrota: 25/22 após um erro do ponteiro Juninho.


 


O Vivo/Minas voltará à quadra no próximo SÁBADO (08.11), quando enfrentará o Santander/São Bernardo (SP), às 17h, no ginásio Poliesportivo, em São Bernardo do Campo (SP). No mesmo dia, às 10h, o Vôlei Futuro medirá forças com o Álvares/Vitória (ES), no ginásio Jones Neves, em Vitória.


 


Equipes


 


VIVO/MINAS – Rafinha, André Nascimento, Mauricio, Wanderson, Henrique e André Heller. Líbero – Ezinho.


 


Entraram – Paulo, Fábio, Dani, Dante e Tiago Barth.


 


Técnico – Mauro Grasso


 


VÔLEI FUTURO – Fidele, Wallace, Léo, Baroni, Junior e Bob. Líbero – Daniel.


 


Entraram – Carlão, Ruan, Juninho e Alemão.


 


Técnico – Cezar Douglas


 

Veja também:

Rua Dr. Rafael de Barros, 596
CEP: 04003-043 - São Paulo, SP
(11) 3053-9560