Federação Paulista de Volleyball

FPV

Único invicto, Finasa enfrenta o Vôlei Futuro

18 jan 2008

Rio de Janeiro – Campeão do primeiro torneio da fase classificatória da Superliga feminina de vôlei 07/08, o Finasa/Osasco (SP) entrará na quadra neste sábado (19.01), pela quarta rodada da segunda etapa da competição. Às 17h, o time paulista receberá o Vôlei Futuro (SP), no ginásio José Liberatti, em Osasco (SP). Único time invicto na competição, o Finasa/Osasco é o líder do grupo B com duas vitórias. O Vôlei Futuro ocupa a quarta colocação do grupo A com dois resultados positivos e um negativo.

Outras cinco partidas complementarão a rodada. Neste sábado (19.01), às 11h, o Pinheiros/Blausiegel (SP) receberá o São Caetano/Detur (SP) no ginásio Henrique Villaboin, em São Paulo. Às 17h (de Brasília), enfrentam-se Sport/Mauricio de Nassau (PE) e Brasil Telecom (SC), no ginásio Marcelino Lopes, no Recife. Na última partida do dia, o Fiat/Minas (MG) terá pela frente o E.C. Banespa, na Arena Telemig, em Belo Horizonte, às 18h. Tetracampeão da Superliga feminina, o Rexona-Ades (RJ) visitará o Mackenzie Cia do Terno (MG), estreante na competição, no domingo (20.01), às 11h. O confronto, que será realizado no ginásio do Mackenzie E.C., em Belo Horizonte, será transmitido ao vivo pelo canal Sportv.

Finasa/Osasco e Vôlei Futuro enfrentaram-se quatro vezes no Campeonato Paulista. Na fase classificatória, duas vitórias do time de Osasco, ambas por 3 sets a 0. As equipes se cruzaram novamente nas semifinais e o Finasa/Osasco, vencedor da competição, voltou a superar a equipe de Araçatuba duas vezes pelo mesmo placar: 3 sets a 1.

Luizomar de Moura, técnico do Finasa/Osasco, espera que a equipe mantenha a seriedade que vem apresentando na Superliga 07/08. O treinador destaca a ascensão do Vôlei Futuro após o Campeonato Paulista.

“O Vôlei Futuro vem de bons resultados nas primeiras rodadas do segundo torneio e está com o moral elevado. O time mudou a maneira de jogar em relação ao Campeonato Paulista. A equipe contratou a oposto Marci, que entrou muito bem e tem se destacado. Ao lado da levantadora Ana Maria, que sempre joga em alta velocidade, é o destaque do time. Vamos tomar todos os cuidados para não sermos surpreendidos em casa”, revela Luizomar.

O time de Osasco se destaca em diversos fundamentos nas estatísticas oficiais da Superliga feminina 07/08. Por equipes, é o primeiro colocado no bloqueio, com 26,74% de eficiência. Individualmente, tem a maior pontuadora da competição até o momento: Paula Pequeno, com 107 acertos – 90 de ataque, 14 de bloqueio e três de saque. Paula também é a mais bem posicionada no ranking individual de ataque, com 31,63% de eficiência. A meio-de-rede Adenízia é a líder no bloqueio (31,96%), enquanto a líbero Marcelinha é a primeira colocada na recepção, com 56,14% de aproveitamento.

“Qualquer equipe que queira buscar o título da Superliga tem que ser forte em todos os fundamentos. Tendo em vista nosso elenco, naturalmente temos um time forte no ataque. O saque também está sendo eficiente e, com ele, conseqüentemente melhoram nossos aproveitamentos no bloqueio e na defesa. Mas ainda temos muito que evoluir na Superliga e estamos trabalhando para isso”, finaliza Luizomar.

O técnico do Vôlei Futuro, Marco Antônio di Bonifácio, o Boni, prefere não relacionar os confrontos no Campeonato Paulista ao duelo. Para o treinador, os times sofreram modificações desde o cruzamento nas semifinais do Paulista.

“Nossa equipe evoluiu desde o Paulista, mas o Finasa/Osasco também melhorou bastante. Quando as enfrentamos nas semifinais, a Paula Pequeno e a Danielle Scott não jogaram, pois vinham da Copa do Mundo, e agora estão bem entrosadas ao time. Mas fizemos boas partidas contra o Finasa/Osasco e espero que possamos repetir este desempenho, independente do resultado da partida. Estamos trabalhando para minimizar as oscilações da equipe, que já nos custaram algumas vitórias”, explica o treinador.

O principal destaque do Vôlei Futuro da Superliga feminina 07/08 vem sendo a oposto Marci. Contratada após o Campeonato Paulista, ela é a quarta maior pontuadora da competição com 98 acertos e a nona colocada no ranking individual de ataque, com 19,57% de eficiência.

“A Marci chegou após o Paulista e aumentou bastante o poder de fogo da nossa equipe. Jogamos em função da qualidade ofensiva dela. Temos acionado bastante a Marci e ela tem correspondido. Mas estamos trabalhando outras opções de ataque para não nos tornarmos uma equipe previsível”, destaca Boni.

EQUIPES

FINASA/OSASCO – Ana Tiemi, Elisângela, Paula Pequeno, Natália, Adenízia e Danielle Scott. Líbero – Marcelinha. Técnico – Luizomar de Moura.

VÔLEI FUTURO – Ana Maria, Marci, Vivi, Fernanda, Iza e Juliana Saracuza. Líbero – Suelen.Técnico – Marco Antônio di Bonifácio, o Boni.

Fonte: CBV

Veja também:

Rua Dr. Rafael de Barros, 596
CEP: 04003-043 - São Paulo, SP
(11) 3053-9560