Federação Paulista de Volleyball

FPV

Ulbra/Suzano/Massageol derrota Pinheiros/Vivo e empata série

17 out 2008

 


 


Jogo decisivo será no domingo, às 14h30, em Suzano


 


Suzano (SP) – O campeão de 2008 do Campeonato Paulista masculino de voleibol será conhecido no terceiro jogo. Na noite desta quinta-feira, a Ulbra/Suzano/Massageol venceu, em casa, o segundo jogo da semifinal e empatou a série melhor-de-três contra o Pinheiros/Vivo. Jogando em seu ginásio, o atual campeão estadual venceu por 3 sets a 0, parciais de 25/20, 25/18 e 28/26, em 84 minutos, devolvendo a derrota na abertura da disputa. A partida decisiva será neste domingo (17), a partir das 14h30, mais uma vez no Ginásio Municipal Paulo Portela, em Suzano, com transmissão ao vivo pelo Canal SporTV.


 


Empurrado por sua fanática torcida, que mais uma vez lotou o ginásio Paulo Portela, a Ulbra/Suzano/Massageol foi para cima do adversário. O primeiro set esteve equilibrado até o primeiro tempo técnico, quando o time da casa abriu três pontos de vantagem, graças ao bom trabalho de defesa. A partir daí, a Ulbra controlou o set como quis, fechando em 25/20 para delírio do público presente. A segunda série começou do mesmo jeito, com os dois times jogando igual. E, da mesma forma, a Ulbra passou à frente no marcador, chegando a fazer 16/11.  Sempre com o domínio da situação e graças ao bom trabalho de saque, marcou 2 sets a 0 vencendo por 25/18. 


 


O Pinheiros/Vivo, bicampeão paulista e com um grupo muito forte, finalmente acordou no terceiro set e, pela primeira vez na partida, ficou à frente no marcador. Além de melhorar seu rendimento, contou também com os vários erros no adversário, que cedeu sete dos primeiros 11 pontos obtidos. Mas a reação durou pouco. A Ulbra/Suzano/Massageol retomou o controle após dois bloqueios e dois aces, passando à frente com 12/11. Nesse momento, as duas equipes se revezaram na liderança, fazendo um jogo digno de uma final. Mais concentrado, o time de Suzano ganhou por 28/26, fechando a partida.


 


Para o técnico da Ulbra/Suzano/Massageol, Chico Santos, a equipe se recuperou da ferida de segunda-feira. “Os jogadores estavam feridos. Na segunda-feira levaram um tiro, mas conseguiram se tratar nesta noite. No domingo será a vez da cura total”, declarou emocionado o treinador.


 


Já Mauro Grasso, do Pinheiros/Vivo, reconheceu o nervosismo de seu grupo. “Aconteceu justamente o que não podia. Sabíamos que seria um jogo complicado e com a pressão da torcida. A Ulbra/Suzano/Massageol jogou muito bem, mas meu time demonstrou muito nervosismo, melhorando um pouco no terceiro set. Agora é aproveitar o pouco tempo para corrigir os erros e ir com tudo para a partida final de domingo”, afirmou.


 


A Ulbra/Suzano/Massageol começou com Vinhedo, Jardel, Alberto, Robinson, Minuzzi e Kaio, além do líbero Jeff, depois Rivoli e Jô. O Pinheiros/Vivo começou com Rafinha, André Heller, Ezinho, Canha, Wanderson, Henrique e o líbero Serginho, depois Daniel, Thiago e Dante.


 


Mais informações no site oficial: www.fpv.com.br



Consultoria de Comunicação da FPV:


MBraga Comunicação – Marcelo Eduardo Braga – MTb 18324


Fones: (11) 3053-9584/7720-5109/71968860 – E-mail: imprensa@fpv.com.br

Veja também:

Rua Dr. Rafael de Barros, 596
CEP: 04003-043 - São Paulo, SP
(11) 3053-9560