Federação Paulista de Volleyball

FPV

São Cristovão Saúde/São Caetano derrota Sesi/SP e chega à final do Paulista

30 out 2014



 

Fonte: AD Comunicações  

 

São Caetano do SUl (SP) – Em uma noite histórica, o São
Cristovão Sáude/São Caetano venceu, ontem (29), o Sesi/SP por 3 sets a 2, pelo
segundo jogo da semifinal do Campeonato Paulista Feminino de Vôlei, no Ginásio
da Vila Leopoldina, em São Paulo.

 

A equipe do ABC foi à casa do adversário com a
vantagem de ter vencido a primeira partida por 3 sets a 2, em São Caetano, e
precisa de uma vitória no tempo normal para chegar a final. Já o Sesi/SP
precisava vencer o jogo para levar a partida ao golden set, mas a equipe do técnico
Hairton Cabral não se intimidou e partiu para cima com a ponteira Paula, em
mais uma noite inspirada, explorando os bloqueios, e a central Mara bloqueava
os ataques da central da Seleção Brasileira Fabi, e assim o São Cristovão Saúde/São
Caetano pontuava e fechou o primeiro set 25 a 20, com Paula.

 

No segundo set, o São Cristovão Saúde/São Caetano começou
na frente e o jogo foi sendo decidido ponto a ponto, a líbero Nine fazia
grandes defesas e em três bloqueios seguidos de Mara em cima de Fabi, o São
Caetano foi distanciando no placar e fechou em 25 a 16, com Paula explorando o
bloqueio de Mari.

 

A equipe do ABC foi para o terceiro set com vantagem
de 2 sets a 0, e precisava apenas fechar o set para chegar à final, mas o
Sesi/SP mostrou sua força e reagiu. O São Cristovão Saúde/São Caetano muito
marcado não conseguia atacar e pecava em alguns erros de saques e contra
ataques, e assim o Sesi/SP fechou o set em 25 a 21.

 

No quarto set, o São Cristovão Saúde/São Caetano
partiu para fechar o jogo e até chegou a frente do placar em 04 a 02, mas com
alguns erros de recepção e contra ataques o Sesi/SP se distanciou no placar
fechando em 25 a 22, num erro de dois toques.

 

A partida que parecia estar perto de ser decidida pelo
São Cristovão Saúde/São Caetano ficou dramática e foi para o tié-break. Haiton
Cabral ajustou o time que voltou surpreendente com a ponteira Thaisinha sendo
decisiva e a experiente Joyce fechou o jogo em 15 a 09, num ataque na diagonal
que levou seu time para decisão do campeonato.

 

“A gente vem trabalhando duro e evoluindo jogo a jogo
e a confiança vem aumentando. Agora vamos continuar ralando para tentar
surpreender na final e ser campeão. Não temos opção, nem por Molico ou
Pinheiros, qualquer um dos dois será uma final muito difícil, mas acredito na
minha equipe e vamos surpreender”, finaliza Mara.

 

Agora o São Cristovão Saúde/São Caetano espera o
vencedor do jogo de hoje entra E.C Pinheiros e Molico/Osasco, para saber quem
será seu adversário na grande final do Paulista.

 

Veja também: