Federação Paulista de Volleyball

FPV

São Caetano/Blausiegel e Medley/Banespa estreiam

09 jan 2009

 


 


Fonte: CBV


 


Rio de Janeiro (08.01.09) – Quem disse que segunda-feira é um dia de preguiça? Pelo contrário, para o São Caetano/Blausiegel (SP) e a Medley/Banespa (SP) o ano de 2009 começa na próxima segunda-feira (12.01), quando as equipes voltam às quadras após o recesso para as festas de fim de ano. As equipes estarão frente a frente a partir das 20h30 no ginásio Lauro Gomes, em São Caetano do Sul (SP), em partida válida pela primeira rodada do terceiro turno da Superliga Feminina de vôlei 08/09. O confronto será transmitido ao vivo pelo canal SporTV.


 


A rodada continuará durante a semana. Na quarta-feira (14.01), dois jogos: Rexona-Ades x Praia Clube/Futel, às 19h, no ginásio do Tijuca Tênis Clube, no Rio de Janeiro; e Sport/Maurício de Nassau x Brasil Telecom, às 19h30 (horário local e 20h30 horário de Brasília), no ginásio Marcelino Lopes, no Recife. Na quinta-feira (15.01), dois jogos, às 20h, completarão a rodada: Vôlei Futuro x Minas Tênis Clube, no ginásio Plácido Rocha, em Araçatuba (SP); e Cativa/Pomerode x Finasa/Osasco, no ginásio ACEN, em Pomerode (SC).


 


As equipes já estiveram frente a frente nesta Superliga. Foi na primeira rodada do segundo turno. No ginásio do Esporte Clube Banespa, o São Caetano/Blausiegel superou a Medley/Banespa, por 3 sets a 1 (25/11, 25/27, 25/18 e 25/21).


 


Pelo São Caetano/Blausiegel, o treinador Chicão espera que a equipe seja mais regular nos dois últimos turnos da fase classificatória da Superliga. “Espero que nosso time seja mais eficiente e regular no ataque e no contra-ataque. Nosso bloqueio também não foi bem nas duas primeiras etapas da competição. No saque, na recepção e na defesa, estivemos bem, mas, é claro, que também precisamos evoluir”, diz Chicão.


 


Para o treinador, a partida marca um recomeço. “Todos os times estão voltando de uma folga grande das festas de fim de ano. Estamos treinando desde o dia 5 e trabalhando bastante os treinamentos de passe. Precisamos jogar bem neste fundamento. O time da Medley/Banespa é uma equipe que saca bem. Por isso, estar bem na recepção para as bolas chegarem boas nas mãos da Fofão é essencial. Além disso, precisamos estar atentos ao bom volume de defesa do adversário. É um time jovem que, por isso, defende muito bem”, completa Chicão.


 


Do lado da Medley/Banespa, o objetivo é retomar o conjunto. “Vamos buscar os três primeiros jogos deste terceiro turno para dar entrosamento à equipe. As partidas contra o São Caetano/Blausiegel, a Brasil Telecom e o Rexona-Ades servirão de laboratório para ganharmos conjunto porque a equipe teve algumas modificações com relação aos dois primeiros turnos”, destaca Alê Rivetti, técnico da Medley/Banespa.


 


Apesar de saber das dificuldades dos três primeiros jogos, Alê Rivetti já está de olho mais à frente. “As outras três partidas deste turno contra a Cativa/Pomerode, Mackenzie/Cia. do Terno e Vôlei Futuro serão importantíssimas para nossa pretensão de classificação para as quartas-de-final. Estes são nossos adversários diretos na disputa entre o sexto e oitavo lugar da classificação geral”, observa Alê.


 


Os números – Nas estatísticas oficiais da competição, o São Caetano/Blausiegel lidera um ranking por equipes. O time está na primeira colocação do levantamento, com 29,03% de eficiência. O grupo também se destaca na defesa, na segunda colocação, com 43,08% de aproveitamento, e na recepção (terceira colocado, com 44,43%). Já a Medley/Banespa está bem posicionada em dois fundamentos, nos quais ocupa a quarta colocação. No saque (5,86%) e na defesa (36,78%).


 


Individualmente, um dos destaques do São Caetano/Blausiegel é a oposto Sheilla. A atacante é a terceira colocada entre as maiores pontuadoras da competição, com 165 pontos – 130 de ataque, 20 de bloqueio e 15 de saque. No ataque, no saque e na defesa, Sheilla também está em terceiro, com 25,75%, 10,49% e 52,03% de aproveitamento, respectivamente.


 


Também campeã olímpica, a levantadora Fofão é outro destaque da equipe do ABC paulista. Fofão lidera dois fundamentos: a defesa, com 55,17% de eficiência, e o levantamento, com 37,45%. A líbero Suelen lidera as estatísticas da recepção, com 59,22%.


 


Já a Medley/Banespa tem como destaque a central Paula Barros, oitava colocada (22,58%), no bloqueio. No saque, a levantadora Luciane é a quarta colocada (9,24%), enquanto a ponteira Ciça é nona (7,91%), no mesmo ranking.


 



EQUIPES


 


SÃO CAETANO/BLAUSIEGEL – Fofão, Sheilla, Mari, Dayse, Andréia e Edna. Líbero – Suelen.


Técnico – Chicão


 


MEDLEY/BANESPA – O técnico Alê Rivetti não definiu a equipe que começará a partida.


 

Veja também:

Rua Dr. Rafael de Barros, 596
CEP: 04003-043 - São Paulo, SP
(11) 3053-9560