Federação Paulista de Volleyball

FPV

Santander/Banespa e Ulbra/Uptime abrem a 11ª rodada

15 jan 2007

Rio de Janeiro – Adversários diretos na disputa por vaga entre os oito classificados que estarão nos playoffs da Superliga masculina de vôlei 06/07, Santander/Banespa (SP) e Ulbra/UPTIME (RS) abrem nesta terça-feira (16.01) a 11ª rodada. A equipe paulista, campeã na temporada 04/05, ocupa a sétima posição na tabela, com cinco vitórias em dez jogos. Já os gaúchos, detentores de três títulos da competição, ganharam seis vezes em nove partidas e estão em sexto lugar. O confronto, que será realizado às 20h30, no ginásio Baetão, em São Bernardo do Campo (SP), terá transmissão ao vivo do canal Sportv.

Vice-campeões mundiais em 2003 defendendo a seleção brasileira juvenil, o oposto Michael e o ponta Rafa farão um duelo à parte. O primeiro, além de ser o oitavo maior pontuador da Superliga (123 acertos), é um dos responsáveis pelo bom aproveitamento do Santander/Banespa no saque. Afinal, Michael é o quarto mais eficiente no fundamento (11,11% de sucessos) e a equipe tem o terceiro melhor saque da competição até o momento (5,38%).

“Agora numa função nova (antes era meio-de-rede), estou vivendo uma fase interessante na minha carreira. Eu me cobro muito. O Rafa também tem evoluído bastante. Ele salta bem e tem explosão. Será uma bela partida”, diz Michael, que começou a jogar voleibol no clube após ser aprovado numa peneira em 99, dois anos antes de também sagrar-se campeão mundial pela seleção brasileira infanto-juvenil.

Michael, de 2,02m e 23 anos, deixou de fazer a função de meio-de-rede depois que Rivaldo se transferiu para o voleibol japonês. “Jogo na posição em que o técnico me escalar. O Paulo Coco (treinador) tem me orientado muito, dando recursos e dicas para que eu consiga ajudar a equipe. É mais um leque de opções para a minha carreira”, revela Michael, acrescentando que sua única experiência como oposto havia sido na temporada 02/03, quando estava iniciando na categoria adulta.

Além de Michael, o Banespa/Santander conta com a boa fase do ponteiro Bozko, terceiro colocado nas estatísticas de recepção (61,96% de eficiência) e quinto em ataque (37,34%).

No quesito bloqueio, o meio-de-rede Silêncio, vice-campeão mundial juvenil ao lado de Michael e Rafa, tem o nono melhor aproveitamento da Superliga (18,42%). O líbero Marquinhos é o sexto mais eficiente na defesa (29,56%), enquanto Evandro ocupa a nona posição entre os melhores levantadores (34,03%).

Por equipes, o Santander/Banespa ocupa o terceiro lugar no quesito defesa (15,64%) e é o quarto colocado na recepção (49,31%). A Ulbra/UPTIME tem o terceiro ataque mais eficiente da competição (36,18% de aproveitamento) e o quinto melhor saque (5,17% de sucesso). Em ambos os fundamentos, Rafa se destaca. Além de ser o décimo maior pontuador (113 acertos), ele é o terceiro colocado em ataque (38,42%) e o quinto em saque (10,00%).

“A gente treina para que o saque saia com naturalidade. E se o ataque está bom é porque o conjunto da Ulbra/UPTIME é forte. Alan e Bob, por exemplo, são dois passadores muito bons. Espero que o time mantenha esse nível, já que a vitória será fundamental sobre o Santander/Banespa, que é nosso adversário direto”, explica Rafa, que como profissional já defendeu a UCS/Colombo (RS), o Suzano (SP) e teve uma rápida passagem pelo voleibol francês.

Rafa, 1,96m e 22 anos, revela que os duelos com Michael começaram ainda nas categorias de base. “De 2000 a 2003, eu atuava pelo Pinheiros. Já naquela época de infanto-juvenil e juvenil eu enfrentava o Michael, que sempre sacou muito bem”, relembra.

O poder de ataque da Ulbra/UPTIME não está concentrado apenas em Rafa. O ponta/oposto Theo é o quinto maior pontuador da Superliga, com 130 acertos, e o quarto mais eficiente (37,62%). O atacante Bob já anotou 117 pontos e tem o décimo melhor aproveitamento 33,17%.

O líbero Alan é o quinto colocado nas estatísticas de defesa (29,61%), enquanto Jotinha ocupa a sétima posição em levantamento (34,94%). Por equipes, além do ataque e do saque, a Ulbra/UPTIME também atravessa boa fase no bloqueio (quinto mais eficiente com 20,19%) e no levantamento (sétimo melhor com 30,34%).

Os outros seis jogos da rodada serão realizados na próxima quinta-feira (18.01). A atual campeã Cimed (SC) e o Telemig Celular/Minas (MG) estão invictos na competição, após nove jogos disputados. Os dois times estão empatados no critério de set average (9,000) – divisão dos sets vencidos (27) pelos sets perdidos (3). No segundo critério de desempate, o ponto average (divisão dos pontos conquistados pelos pontos sofridos), a Cimed leva uma pequena vantagem: 1,231 contra 1,210 do Telemig Celular/Minas.

EQUIPES

SANTANDER/BANESPA – Evandro, Michael, Willian Reffatti, Bozko, Silêncio e Douglas Cordeiro. Líbero : Marquinhos. Técnico : Paulo Coco.

ULBRA/UPTIME – Rodriguinho, Darraidou, Bob, Rafa, Lucas e Ualas. Líbero : Alan. Técnico : Percy Oncken.

Fonte: CBV

Veja também:

Rua Dr. Rafael de Barros, 596
CEP: 04003-043 - São Paulo, SP
(11) 3053-9560