Federação Paulista de Volleyball

FPV

Regiane será a substituta de Jaqueline no Pan

13 jul 2007

Rio de Janeiro (RJ) – Ponteira da Seleção Brasileira feminina de vôlei, Jaqueline conversou com a imprensa no início da noite desta quinta-feira (12.07), na Confederação Brasileira de Voleibol (CBV), no Rio de Janeiro, e explicou a sua possível punição por dopping no Campeonato Italiano.

Embora a CBV ainda não tenha recebido oficialmente qualquer documento comprovando a suspensão de Jaqueline, a atleta foi substituída pela ponteira Regiane Bidias na disputa dos Jogos Pan-Americanos, já que esta quinta, dia do Congresso Técnico, era o último dia possível para alteração na relação nominal das atletas para a competição.

Júlio Nardelli, médico da Seleção Brasileira feminina, explicou a decisão. “Comunicamos a dispensa oficial da atleta Jaqueline da Seleção Brasileira feminina de voleibol. Por meio dos sites da internet ficamos sabendo de uma possível punição da atleta por caso de dopping nas finais do Campeonato Italiano, mas não recebemos qualquer comunicado oficial. A substância que teria sido encontrado no exame da jogadora é a Sibutramina, que não é ilícita, mas é proibida. Não temos tempo de defender a jogadora. Hoje era o último dia para qualquer alteração na lista de inscritas e estamos às vésperas dos Jogos Pan-Americanos, por isso dispensamos a Jaqueline e já convocamos a Regiane”, explicou Nardelli.

De acordo com os sites italianos e do CONI (Comitê Olímpico Italiano), a substância teria sido diagnosticada no exame anti-dopping da atleta durante as finais do Campeonato Italiano, entre sua equipe o Jesi e o Perugia, campeão.

Para a jogadora, a única possibilidade de ter ingerido a substância foi ao comprar um produto natural em uma farmácia italiana. “Fui comprar um remédio de rotina e vi na farmácia um novo produto natural para combater a celulite, tipo um chá verde. Como era natural, perguntei para a vendedora se não havia nada de proibido e ela me informou que não, que era natural. Comprei o produto e tomei por cerca de três dias, pela manhã e pela noite. Eram ampolas. Não gostei e parei de tomar, no quarto dia fiz o exame. Esta é a única possibilidade”, contou Jaqueline, de 23 anos, lembrando que trará o material para ser analisado pelos médicos da CBV.

Ainda sem ter assimilado muito bem a notícia, Jaqueline lamentou o fato de não disputar os Jogos Pan-Americanos e espera superar este caso. “Nada na minha carreira foi fácil. Fiquei afastada da seleção por dois anos. Operei o joelho duas vezes e tive uma trombose na mão, que me impediram de ir aos Jogos Pan-Americanos de 2003, em Santo Domingo, e os Jogos Olímpicos de Atenas, em 2004. Superei isto tudo e voltei. Desta vez não será diferente. Espero servir de exemplo para todas as jogadoras. Não podemos ser ingênuas e não conversarmos com os nossos médicos. Precisamos estar atentas a tudo. Errei e estou pagando por não ter falado com os médicos sobre esta medicação, que eu achava ser natural”, disse a atleta.

O médico Júlio Nardelli lembrou ainda que a quantidade dessa substância neste tipo de medicamento é pequena. “Nestes medicamentos, a Sibutramina serve como um moderador de apetite e a sua quantidade é pequena, o que não interfere na performance dos atletas. Mas o exame anti-dopping é qualitativo e não quantitativo”, falou Nardelli, lembrando ainda que a jogadora realizou os exames anti-dopping para os Jogos Pan-Americanos e nenhuma substância fora encontrada.

Apesar da situação, Jaqueline não esconde que tem um sonho. “Quero superar tudo isso e voltar à seleção. Sei que esta será uma barreira que terei de superar para crescer. Estarei fora do Pan e talvez do Grand Prix, mas voltarei e sonho em disputar os Jogos Olímpicos de Pequim, em 2008”, completou a jogadora, que foi para o Recife, onde descansará nos próximos dias.

REGIANE SUBSTITUI JAQUELINE

A ponteira Regiane será a substituta de Jaqueline na Seleção Brasileira feminina de vôlei que disputará os Jogos Pan-Americanos, no Rio de Janeiro. A jogadora, que treinava como convidada com a equipe no Centro de Desenvolvimento do Voleibol – Saquarema – RJ (CDV-S), fará sua primeira competição oficial com a camisa da equipe verde-amarela.

Nos quatro amistosos contra a Sérvia, preparatórios para os Jogos Pan-Americanos, Regiane substituiu a ponteira Sassá, contundida. Nesta quinta (12.07), Regiane participou do primeiro treino da Seleção Brasileira feminina no ginásio do Maracanãzinho, onde, no SÁBADO (14.07), o Brasil estreará na competição contra as peruanas, a partir das 22h.

Regiane ainda não sabe definir qual é o seu sentimento. “Estou feliz por estar aqui e poder participar dos Jogos Pan-Americanos, mas ao mesmo tempo triste por não ter a Jaqueline, uma jogadora tão importante, com a gente”, disse a atleta.

Regiane soube da notícia em Saquarema, onde descansava para o treino da tarde, e foi recebida pelas companheiras com sorrisos e aplausos. “Precisamos superar este caso e focar na competição. Queremos fazer excelentes jogos. Espero poder ajudar o time e substituir a Jaqueline à altura. Vou tentar faze o melhor por nós duas”, ressaltou a atleta.

Fonte: CBV

Veja também:

Rua Dr. Rafael de Barros, 596
CEP: 04003-043 - São Paulo, SP
(11) 3053-9560