Federação Paulista de Volleyball

FPV

Pinheiros/SKY vence o Lupo/Náutico/Lets

22 mar 2010

 


 


Fonte: Reunion Press


Alan volta a fazer parte de um time titular após mais de 15 meses


 


São Paulo (SP) – Quatorze jogos, doze vitórias e 85,71% de aproveitamento. Números que representam a campanha do Pinheiros/SKY no segundo turno da temporada 2009/10 da Superliga. Na manhã deste sábado (20/03), em seu Ginásio Poliesportivo, em São Paulo (SP), a equipe enfrentou o Lupo/Náutico/Lets, de Araraquara (SP), e venceu por 3 sets a 2 (21-25, 25-19, 21-25, 25-19, 15-11), em 2h04min de jogo.


O início da partida trouxe uma grata surpresa a quem compareceu ao Ginásio Poliesportivo do EC Pinheiros: o líbero Alan, recém-recuperado de lesões no tendão de Aquiles e que havia entrado durante os dois últimos confrontos, fez parte de uma formação inicial após mais de 15 meses. O primeiro set foi vencido pelo Lupo/Náutico/Lets por 21 a 25, em 22 minutos.


No retorno à quadra, os visitantes abriram dois pontos logo no início (2 a 0). Mas o Pinheiros/SKY reagiu em seguida e já vencia no primeiro tempo técnico (8 a 5). A equipe comandada pelo técnico Carlos Castanheira (“Cebola”) passou a administrar a vantagem e, após um ace de Giba, ganhou o segundo set por 25 a 19, em 23 minutos.


Após perder o terceiro set por 21 a 25, em 26 minutos, o Pinheiros/SKY mostrou o seu poder de reação na seqüência da partida. Os visitantes voltaram a sair na frente, chegaram a abrir quatro pontos (8 a 12), mas a equipe da capital paulista cresceu em quadra na reta final e, após um ataque de Pablo, empatou o jogo com 25 a 19, em 27 minutos.


O capítulo mais emocionante ficou reservado para o final do jogo. O time do técnico Cebola saiu na frente no tie break, abrindo dois pontos (4 a 2), mas viu o Lupo/Náutico/Lets passar na frente (6 a 7). Sem se abater, o Pinheiros/SKY retomou a vantagem em seguida e administrou o placar até o final. Com um ataque de Aureliano, a equipe venceu por 15 a 11, em 16 minutos.


“O jogo de hoje estava perdido e conseguimos reverter a situação com a força do grupo. Todos estão de parabéns. Nas próximas partidas, não podemos apresentar a passividade que tivemos no primeiro set. Depois, com a força do elenco, soubemos reagir. E este é o lado positivo”, comentou o técnico Cebola.


“O Alan é um jogador que tem um enorme potencial. Antes da lesão, ele tinha um nível internacional e representava a Seleção Brasileira. Estamos trabalhando, junto com os médicos e fisioterapeutas do Pinheiros, para que ele volte a apresentar o mesmo nível. Mas este ainda é um trabalho longo e árduo. Estou muito feliz com a volta dele”, completou o treinador


“Agora posso dizer que fiz a minha estréia. Estou muito contente e tenho muito a agradecer o Pinheiros e a SKY, que acreditaram no meu trabalho e na minha recuperação. Estou muito feliz por estar aqui”, falou Alan, que havia começado uma partida pela última vez no dia 03 de dezembro de 2008, quando Lokomotiv e UFA se enfrentaram pelo Campeonato Russo.


PRÓXIMA PARTIDA


De bye na 15ª rodada do returno da Superliga, que acontece no meio de semana, o Pinheiros/SKY volta a entrar em quadra no próximo sábado (27/03), às 11h00. Novamente em seu Ginásio Poliesportivo, em São Paulo (SP), a equipe do técnico Cebola recebe o SESI-SP. Os portões serão abertos à torcida. A partida também será exibida ao vivo no Sportv (canal 39 da SKY).

Veja também:

Rua Dr. Rafael de Barros, 596
CEP: 04003-043 - São Paulo, SP
(11) 3053-9560