Federação Paulista de Volleyball

FPV

Pinheiros/Mackenzie bate Medley/Banespa pelas semifinais

15 out 2008

 


Em partida equilibrada e decidida no tie-break, equipe confirmou o favoritismo


 


São Paulo – A abertura das semifinais do Campeonato Paulista feminino de voleibol, Divisão Especial, deixou claro o equilíbrio e o bom momento do vôlei nacional. Em quadra, Pinheiros/Mackenzie, primeiro colocado na fase de classificação, com apenas uma derrota, e Medley/Banespa, quarto colocado, comprovaram isso com um jogo muito disputado e definido somente no quinto set. Na noite desta terça-feira, no ginásio do Banespa, depois de 128 minutos de muita luta, o Pinheiros/Mackenzie acabou confirmando seu favoritismo ao vencer por 3 sets a 2, com parciais de 23/25, 25/22, 25/18, 23/25 e 16/14, e sair na frente da disputa do playoff melhor-de-três que apontará um dos finalistas da competição.


 


O jogo de volta será nesta sexta-feira, dia 17, a partir das 20h30, no Ginásio do Esporte Clube Pinheiros. Se vencer, o time da casa garantirá a presença na final contra o vencedor do jogo entre Finasa/Osasco e São Caetano/Blausiegel, que iniciam a série nesta quinta-feira, em São Caetano do Sul. Caso a vitória seja do Medley/Banespa, o terceiro e decisivo confronto será no domingo, às 20h30, também no E. C. Pinheiros.


 


A partida que marcou a abertura das semifinais do Paulista foi emocionante. O Pinheiros/Mackenzie, com um grupo mais experiente e apontado como favorito, teve de suar bastante para superar o jovem time do Medley/Banespa, que faz sua segunda temporada na Divisão Especial do vôlei de São Paulo. Com o apoio de sua torcida, a equipe do técnico Alexandre Rivetti cumpriu o prometido de jogar com garra e coração. Além disso, o bom trabalho de defesa e saque complicou a noite do Pinheiros/Mackenzie, que, por sua vez, não repetiu as boas atuações anteriores.


 


O Medley/Banespa começou forte e venceu o primeiro set, por 25/23. A resposta do Pinheiros/Mackenzie veio logo em seguida e sem muita dificuldade, ganhando o segundo, 25/22, e o terceiro 25/18.  No quarto set, o time visitante abriu vantagem de 21/19, mas permitiu a reação das donas da casa, que venceram por 25/23, provocando o set de desempate. A partida seguiu equilibrada e, no final, prevaleceu a maior experiência das atletas do Pinheiros/ Mackenzie, que venceram por 16/14.


 


Paulo Cocco não gostou do comportamento de sua equipe. “Esperava a dificuldade, pois é um time aguerrido. Mas nós jogamos muito mal no saque, na defesa e não conseguimos acertar nada. O importante foi ter saído daqui com a vitória, mas precisamos melhorar muito e mudar a postura para o segundo jogo da semifinal”, declarou o treinador do Pinheiros/Mackenzie.


 


Ale Rivetti, por sua vez, destacou a boa atuação de seu grupo. “Fizemos o que tínhamos de fazer contra um adversário de qualidade. Lutamos o tempo inteiro e não desistimos. É isso o que buscamos com esse grupo, incomodar as grandes equipes”, avaliou. “Além da raça, acho que nossa recepção funcionou bem mais que nos últimos jogos. Ainda alternou momentos bons e ruins, mas mostrou crescimento e permitiu que o ataque trabalhasse”, lembrou.


 


O Medley/Banespa começou com Luciana, Ingrid, Ciça, Paula, Luciane, Neneca e a líbero Paty, entrando depois Elis, Tia, Ananda e Jéssica. Já o Pinheiros/Mackenzie iniciou com Fabiana Berto, Fernanda Garay, Tandara, Lígia, Thaís, Ângela Moraes e a líbero Arlene, depois Fernanda, Patrícia, Dani, Ariane e Roberta.


 


 


Consultoria de Comunicação da FPV:


MBraga Comunicação – Marcelo Eduardo Braga – MTb 18324


Fones: (11) 3053-9584/7720-5109/71968860 – e-mail: imprensa@fpv.com.br 

Veja também:

Rua Dr. Rafael de Barros, 596
CEP: 04003-043 - São Paulo, SP
(11) 3053-9560