Federação Paulista de Volleyball

FPV

PINHEIROS/BLUE LIFE VENCE UMC/FLEX PÉ/CCMC E É VICE-LÍDER

06 out 2004

O Pinheiros/Blue Life precisou de 1h25min para garantir sua quarta vitória no Campeonato Paulista Feminino de Vôlei da Divisão Especial. Na noite desta quarta-feira, na abertura da segunda rodada do returno, o time da capital derrotou, em seu ginásio, o UMC/Flex Pé/CCMC, de Mogi das Cruzes, por 3 sets a zero, com parciais de 25/11, 31/29 e 28/18 . O resultado colocou o Pinheiros/Blue Life na vice-liderança do torneio, agora com 11 pontos como o Finasa/Osasco, mas com set average pior, 1.5 contra 2.6 do líder.

O complemento da rodada será na semana que vem em razão da disputa da Salonpas Cup. No dia 13, às 20 horas, o MRV/São Bernardo enfrenta o São Caetano no clássico do ABC; enquanto no dia 14, a partir das 18h30, o Ecus/Suzano recebe em casa o Finasa/Osasco, com transmissão ai vivo pelo Canal SporTV.

Jogando em casa, o Pinheiros/Blue Life do técnico Cláudio Pinheiro começou com todo gás. Com muita facilidade, a equipe da capital marcou 25/11, em apenas 19 minutos. Na série seguinte, o UMC/Flex Pé/CCMC, dirigido por Antônio Martins Filho, o Índio, voltou diferente e dominou praticamente o tempo todo, faltando apenas a tranqüilidade para fechar. O Pinheiros se aproveitou disso e marcou 2 a 0, após um equilibrado 31/29. A derrota acabou com qualquer chance de reação do UMC/Flex Pé/CCMC. O Pinheiros/Blue Life, mesmo não jogando o ideal, venceu o terceiro set, 25/18, e garantiu a vice-liderança no torneio.

“Foi uma vitória importante para gente seguir em busca da classificação. O problema é que vamos parar mais uma vez, voltando a jogar somente no dia 16. Com isso, fica muito difícil manter o ritmo das jogadoras”, desabafou Claudinho, reclamando mais uma vez do calendário. “Primeiro foram os Jogos Abertos, depois a Salonpas e agora só voltamos em dez dias. Não é mole”, completou.

Índio, por sua vez, ressaltou o espírito de luta de suas atletas. “Não posso exigir mais de minhas jogadoras, que não tiveram nem tempo para se preparar. Além disso, o grupo ainda recebeu novas atletas no meio da disputa. Elas mostraram muita garra e isso tem valor”, destacou o treinador de Mogi. “Mas, felizmente, o grupo está evoluindo na defesa, ponto importante em razão da baixa estatura do grupo. Queremos, pelo menos, mostrar um bom jogo”, afirmou.

A classificação do feminino está assim: 1.º Finasa/Osasco, 11 pontos (2.6 no set average); 2. º Pinheiros/Blue Life, 11 (1.5); 3.º MRV/São Bernardo, 10 (1.5); 4.º Ecus/Suzano, 10 (1.4); 5. º São Caetano, 8; 6.º UMC/Flex Pé/CCMC, 7.

Assessoria de Imprensa da FPV


MBraga Comunicação

Texto: Marcelo Eduardo Braga – Mtb 18324 – e-mail: imprensa@fpv.com.br

Veja também:

Rua Dr. Rafael de Barros, 596
CEP: 04003-043 - São Paulo, SP
(11) 3053-9560