Federação Paulista de Volleyball

FPV

Pinheiros/Blue Life enfrenta o Rexona-Ades nesta quinta

21 dez 2006

Rio de Janeiro – Rexona-Ades (RJ) e Pinheiros/Blue Life (SP) estarão frente a frente nesta quinta (21.12), às 20h, no ginásio do Tijuca Tênis Clube, no Rio de Janeiro. O time carioca, atual campeão, lidera as estatísticas de ataque (28,08% de aproveitamento), defesa (56,81%), levantamento (38,51%) e recepção (54,78%). Já o Pinheiros/Blue Life aposta na força de seu saque, o melhor da competição até o momento, com 7,59% de eficiência. A partida, válida pela quarta rodada do turno da Superliga feminina de vôlei 06/07, terá transmissão ao vivo do canal Sportv.

A capitã Kika, do Pinheiros/Blue Life, revela que conhece muito bem a equipe comandada por Bernardinho. “Já fui atleta do Bernardinho e atuei com a levantadora Dani Lins, a ponta Estefânia e a meio-de-rede Dani Vieira, entre outras. Quem entrar com mais vontade dará um grande passo para vencer a partida. O equilíbrio é a tônica da Superliga”, diz a experiente oposto.

Aos 35 anos, Kika elogia a jovem Dani Lins, que é líder no quesito levantamento na Superliga, com 42,71% de aproveitamento. “Ela foi jogadora do Pinheiros/Blue Life na última Superliga. Pude perceber de perto seu grande potencial. Agora, com o Bernardinho, tem tudo para desenvolver cada vez mais o seu voleibol”, afirma Kika, que manda o recado

“Temos que dificultar a recepção do Rexona-Ades para que a bola não chegue redonda nas mãos da Dani Lins. Para isso, é preciso forçar o saque”, acrescenta a capitã paulista.

Dani Lins, de 21 anos, lembra que o adversário conta com a primeira colocada na estatística de saque da Superliga 06/07: a ponteira Jú, com 13.16% de eficiência. “A nossa equipe tem treinado bastante, ciente de que o Pinheiros/Blue Life tem o melhor saque até o momento na competição. Ter o passe nas mãos nesta partida será fundamental”, admite a substituta de Fernanda Venturini, que deu adeus às quadras após a conquista da Superliga 05/06.

Dani Lins fala sobre a sua rápida passagem pela equipe paulista. “Atuei durante quatro meses, após ter deixado o Finasa/Osasco. Fico feliz com os elogios da Kika, que é uma ótima jogadora. Nós somos amigas, mas na hora do jogo a amizade fica de lado”, brinca Dani Lins.

EQUIPES

REXONA-ADES – Na última partida, o técnico Bernardinho escalou Dani Lins, Renatinha, Sassá, Estefânia, Thaisa e Dani Vieira. Líber Fabi.

PINHEIROS/BLUE LIFE – O treinador Hairton Cabral iniciou a última partida com a seguinte formaçã Karine, Kika, Fernanda Berti, Jú, Ligia e Dany. Líber Claudinha.

Fonte: CBV

Veja também:

Rua Dr. Rafael de Barros, 596
CEP: 04003-043 - São Paulo, SP
(11) 3053-9560