Federação Paulista de Volleyball

FPV

Paulo Coco assume o Banespa/São Bernardo

24 maio 2006

São Bernardo do Campo (SP) – O Banespa / São Bernardo está de cara nova para a próxima temporada. Depois de nove anos sob o comando de Mauro Grasso, o time do ABC passa a ser liderado por Paulo Coco. O treinador que estava no time feminino do Finasa / Osasco foi vice-campeão da última Superliga. Além dele, o Banespa / São Bernardo contará também com o assistente técnico Marco Antônio Di Bonifácio, o Boni, parceiro de Coco na equipe de Osasco.

Coco tem uma grande história com o Banespa / São Bernardo. O treinador começou sua carreira como jogador no clube entre os anos de 1986 e 1992, e iniciou também seu trabalho como técnico na equipe paulista, quando atuou durante um ano como técnico da equipe juvenil e auxiliar de José Roberto Guimarães. Hoje, Coco também auxilia Guimarães na Seleção Brasileira Feminina. O técnico comandou o time do Palmeiras durante dois anos e trabalhou com o elenco feminino do Finasa / Osasco de 2001 a abril de 2006. Com esse vasto currículo, Paulo Coco conquistou vários títulos, entre eles o de campeão do Salonpas Cup e campeão paulista, na última temporada, como técnico. Como auxiliar foi tricampeão da Superliga Feminina e tetracampeão paulista.

Por ter começado sua carreira no Banespa / São Bernardo, o novo técnico está muito à vontade para voltar. “Comecei aqui no Banespa e muitos companheiros daquela época ainda trabalham aqui. Por isso estou muito à vontade. Além disso, conheço a filosofia de trabalho do Banespa e gosto muito.”

O técnico está com grandes expectativas em fazer um ótimo trabalho na volta ao comando de um time masculino justamente em uma equipe de ponta. “O Banespa tem uma estrutura muito boa, que prepara os jovens atletas e os faz crescer. Ele sempre foi exemplo para os outros times, por formar novos talentos e utilizá-los no time adulto”, ressaltou. “Minha intenção aqui, além de ensinar, é de aprender e trabalhar interagindo com todas as categorias desde a infanto-juvenil até a adulta, e fazer um trabalho realmente em equipe,” finalizou.

Junto com o técnico Coco, o Banespa / São Bernardo também ganhou a experiência do assistente técnico Marco Antônio Di Bonifácio, o Boni. O profissional também já passou pelo Banespa / São Bernardo. Ele atuou como jogador entre 1985 e 87. No ABC, defendeu a Pirelli. Jogou também na Itália durante quatro anos. Como técnico, Boni treinou a Recreativa, de Ribeirão Preto, por sete anos.

O assistente técnico está muito confiante e diz que adora desafios. “Minha primeira perspectiva é o aprendizado, já que nunca trabalhei com uma equipe masculina. Eu adoro desafios, meu objetivo maior é criar uma identidade com o grupo seguindo a filosofia do projeto.” Boni salientou a importância que o Banespa / São Bernardo dá para a formação de novos talentos. “O projeto do Banespa é invejável. É fundamental a importância que o clube dá aos novos. Eu também pretendo trabalhar em um total intercâmbio interagindo com todas as categorias do clube”, concluiu.

Para o gerente de vôlei do Banespa / São Bernardo, José Montanaro Júnior, a contratação do novo técnico e do assistente veio ao encontro da filosofia instituída pelo projeto, que estava procurando profissionais de credibilidade e que gostem e se preocupem com o trabalho das equipes de base. “O que mais pesou, além da competência dos técnicos, foi a aceitação de trabalharem com as equipes de base, pois a filosofia do clube é montar a equipe em sua maioria com atletas pratas da casa mesclando com alguns mais experientes. Espero que façamos um grande trabalho em equipe e uma ótima interação com todas as categorias e técnicos.”

Renovaram contrato para essa temporada os atletas Silmar, Marcos Roberto (Silêncio), Willian, Renan, Michael e foram contratados o ponta Anselmo (Náutico / Araraquara), que iniciou sua carreira no Banespa / São Bernardo, o oposto Edinho (Shopping ABC / Santo André) e o líbero Marquinho (São Caetano). Mas segundo o gerente José Montanaro, o grupo ainda não está fechado. “Estamos procurando mais três ou quatro atletas para completar o elenco, apesar de que esta temporada está mais difícil, pois o mercado está muito inflacionado,” finalizou.

Fonte: Photo&Grafia Comunicação

Veja também:

Rua Dr. Rafael de Barros, 596
CEP: 04003-043 - São Paulo, SP
(11) 3053-9560