Federação Paulista de Volleyball

FPV

Larissa e Juliana levam o título em Brasília

26 abr 2010

 


Fonte: Reunion Press


Pódio ainda contou com as brasileiras Maria Clara e Carol, que conquistaram o bronze


Brasília (DF) – O segundo título consecutivo de Larissa e Juliana na etapa brasileira do Circuito Mundial, conquistado neste sábado, em Brasília, reitera a posição das brasileiras como melhor dupla de vôlei de praia do mundo na atualidade. O público que compareceu à arena montada na Esplanada dos Ministérios apoiou as brasileiras contra Goller/Ludwig e como recompensa presenciou uma excelente apresentação das atuais campeãs do Circuito Mundial, que bateram as alemãs por 2 sets a 0, com parciais de 21-15, 21-19. No pódio, Maria Clara e Carol se uniram à comemoração, depois de terem vencido a disputa pelo terceiro lugar do torneio.


 


“Tivemos dois momentos na competição: um antes da derrota (para as mesmas adversárias da final, nas quartas-de-final) e um depois daquele jogo. Conversamos muito e chegamos à conclusão de que não podemos sair da nossa característica de garra e vontade de vencer. Não adianta a gente achar que vai ganhar usando a razão. Somos 100% emoção”, comentou Larissa, eleita a melhor levantadora do Circuito Mundial quatro vezes, desde 2006.


 


“Tenho certeza que as alemãs sabiam que o público ia fazer diferença e que a gente vinha mordendo abelha”, brincou Juliana, que percebeu uma mudança na rotina pré-jogo das europeias. “Vi que elas estavam sentadas, quietas. Entramos em quadra confiantes de que elas iriam sentir a pressão”, continuou. A impressão de Juliana foi confirmada por Sara Goller logo depois da derrota. “Precisamos nos acostumar a esse clima de final. O barulho da torcida e a pressão nos tiraram o foco”, justificou a alemã.


 


Os próximos desafios da dupla brasileira no Circuito Mundial são as etapas da China e o Grand Slam de Roma, ambos em maio. “Apesar das vitórias, a gente não pode parar de trabalhar. A May (atual campeã olímpica, ao lado Kerry Walsh) voltou, as chinesas (Xue-Zhang Xi, medalhas de bronze em Pequim) são muito fortes e as duplas estão com um nível ótimo. Isso é um desafio e nos motiva a treinar duas vezes mais para ser cada dia melhor”, lembrou Larissa, que recebeu uma declaração emocionada da parceira Juliana. “Ela (Larissa) é meu diamante e eu sou o dela. Essa vitória renovou os nossos votos de parceria”.


 


Já Maria Clara e Carol fizeram uma partida irrepreensível e conquistaram a medalha de bronze sobre as norte-americanas Kessy e Ross: 2 sets a 0, com duplo 21-16. Na vitória, foram fundamentais o desempenho individual das brasileiras – Maria Clara na defesa e na finalização e Carol no bloqueio – e a confiança adquirida ao longo da competição.


 


“Não sei nem explicar, mas hoje deu tudo certo. Começamos bem o primeiro set e sentimos que o jogo estava para nós”, contou Carol, de 22 anos, que, assim como a parceira, confere muito do crédito pelo bom desempenho na etapa ao treinador Edmilson Costa. “Ele foi a melhor surpresa do ano e foi essencial para este resultado aqui em Brasília. Acreditamos que o treinamento intenso e bem feito é a única forma de chegar lá e o Edmilson chegou com esse mesmo espírito de trabalho”, explicou Maria Clara.


 


O resultado no primeiro torneio da temporada internacional das filhas de Isabel Salgado é bastante promissor, já que em 2009 a dupla não obteve os mesmos bons resultados que acumulou em 2008, quando conquistou um título e três medalhas de bronze. “É normal essa queda de produtividade quando se está há tanto tempo junto. Eu comecei o trabalho com elas há três meses e meio e meu principal objetivo era reconquistar a confiança do time. Esse bronze é uma recompensa incrível”, afirmou Edmilson.

Veja também:

Rua Dr. Rafael de Barros, 596
CEP: 04003-043 - São Paulo, SP
(11) 3053-9560