Federação Paulista de Volleyball

FPV

FRANCO-ATIRADOR, SÃO CAETANO-MON BIJOU ESTRÉIA EM MACAÉ

08 dez 2005

São Paulo – Consciente de seu papel de azarão, mas disposto a surpreender ao longo da competição, o São Caetano-Mon Bijou estréia longe do ABC na Superliga Feminina de Vôlei. Com apenas 20,4 anos de média de idade, a jovem equipe comandada por Antonio Rizola enfrenta neste sábado o Oi-Macaé, formado por estrelas como Marcelle (levantadora da Seleção Brasileira), Érika, Elisângela, Fofinha e outras. “Somos franco-atiradores. Nessa hora, jogar fora de casa é até vantajoso. A pressão estará em cima do adversário, que tem a obrigação de ganhar”, observa Rizola.

O São Caetano-Mon Bijou terminou o Campeonato Paulista na quarta colocação. O grupo é formado em grande parte por atletas juvenis, mas o time-base tem média de altura de 1m84. Depois de se despedir das semifinais do Paulistão diante do campeão Finasa-Osasco, Rizola intensificou o trabalho na parte técnica. “Perdemos jogos em que estivemos taticamente bem por causa de erros”, justifica o treinador, que também recomendou aumento dos exercícios físicos sob a orientação do preparador Jaílson Silva.

Como o clube não fez qualquer contratação para a Superliga, Rizola manteve a formação que vinha atuando. Mas prepara a entrada da meio-de-rede Karin Rodrigues, a veterana da equipe com 34 anos. “É só uma questão de tempo até que ela passe a jogar como titular. Ela vem funcionando bem como orientadora das meninas, por causa de sua grande experiência. Por isso é que será a capitã do time”, continua Rizola. A equipe deve entrar em quadra em Macaé com Fabíola (levantadora), Paula (meio), Dayse (meio), Suelle (ponta), Joyce (ponta) e Raquel (oposto).

A tabela elaborada pela Confederação Brasileira de Voleibol colocou os adversários mais fortes diante do São Caetano-Mon Bijou ainda antes da paralisação das festas de fim de ano. Depois do Oi-Macaé, seguem-se Fiat-Minas, Rexona e Finasa-Osasco. Rizola, contudo, aplaude o sistema empregado pela entidade. “É a primeira vez que a tabela foi feita de forma dirigida e técnica. Os melhores do ano passado pegam primeiro os que terminaram nas últimas posições. É uma forma justa de dar às equipes mais fortes o tempo ideal de preparação.”

Rizola coloca Finasa-Osasco e Rexona como principais favoritos e Oi-Macaé, treinado por Luizomar de Moura, como terceira força. Abaixo, lista Pinheiros-Blue Life e Brasil Telecom. Mas acredita que o São Caetano-Mon Bijou tem condições de se superar e conseguir uma vaga nos play-offs das semifinais. “Vamos trabalhar duro para isso”, promete. Nesta quinta-feira, a equipe deveria treinar em dois períodos no Ginásio Lauro Gomes. A viagem da delegação para o Estado do Rio de Janeiro estava prevista para as 23 horas.

Fonte: MF2

Veja também:

Rua Dr. Rafael de Barros, 596
CEP: 04003-043 - São Paulo, SP
(11) 3053-9560