Federação Paulista de Volleyball

FPV

Fora de casa, Finasa vence Oi/Macaé

04 mar 2006

Macaé (RJ) – Num jogo muito emocionante, o Finasa derrotou no início da tarde deste sábado o Oi/Macaé por 3 a 2, com parciais de 29/27, 25/21, 12/25, 14/25 e 15/13, em pouco mais de duas horas de partida, no Ginásio Maurício Soares, em Macaé, no norte do Rio de Janeiro. Com o resultado, o tricampeão brasileiro ratificou o segundo lugar na classificação geral na Superliga Feminina de Vôlei de 2005/2006 e enfrentará nos play-offs das quartas-de-final o sétimo colocado.

Antes dos play-offs, porém, o Finasa tem um jogo muito importante pela frente. O time orientado pelo técnico Paulo Coco recebe na quarta-feira o Rexona-Ades, líder do campeonato, a partir das 20 horas, no Ginásio Professor José Liberatti, em Osasco, na última rodada da fase classificatória.

O Finasa teve de mostrar grande poder de reação na partida deste sábado. No primeiro set, por exemplo, com atuações irregulares de algumas jogadoras, o time de Osasco chegou a estar perdendo por 19/12. A equipe demonstrou confiança, conseguindo ganhar o set por 29/27, depois de 34 minutos de jogo.

Num verdadeiro clássico do vôlei brasileiro, o segundo set também foi bastante equilibrado. Érika e Elisângela, a força ofensiva do Macaé, exigiram bastante do time paulista, que precisou de 29 minutos para fechar por 25/21. No set seguinte, o Finasa nem de longe lembrou a sua força de tricampeão brasileiro. O time não conseguiu reagir ao adversário, comandando pelo saque forte de Elisângela: 12/25.

Elisângela voltou a ser o destaque do quarto set, com ataques precisos. Com isso, o Oi/Macaé acabou vencendo a série por 25/14, levando a decisão para o tie-breaker. Com senso de reação, mais uma vez, o Finasa impôs novamente seu jogo, obtendo a 13a. vitória na principal competição interclubes do país. A equipe fechou o jogo por 15/13, depois de estar perdendo por 4/9.

“Este foi o jogo da superação”, disse a atacante Soninha, que marcou 19 pontos e ganhou o troféu VivaVôlei da Confederação Brasileira de Vôlei por ter sido eleita a melhor atleta da partida. “Foi uma vitória da raça, da dedicação e da confiança na equipe. Só tenho de agradecer o meu quinto troféu e a ajuda das minhas companheiras e da comissão técnica.”

O técnico Paulo Coco lamentou a irregularidade da equipe. “Alternamos momentos bons e ruins na partida. Esse é o lado ruim da história. Por outro lado, o time mostrou poder de reação ao virar o primeiro e o quinto sets. Vamos ter de corrigir muita coisa para a partida de quarta-feira.”

O Finasa começou jogando com Fabiana Berto, Bia, Valeskinha, Carol Gattaz, Mari, Soninha e Arlene como líbero. Entraram também Carol Albuquerque, Luciana e Monique. O Oi/Macaé, do técnico Luizomar Moura, contou Marcelle, Elisângela, Giovanna, Daniela, Érika, Fofinha e Miny como líbero. Também jogaram Eth, Natália, Renata e Silvana.

Fonte: ZDL

Veja também:

Rua Dr. Rafael de Barros, 596
CEP: 04003-043 - São Paulo, SP
(11) 3053-9560