Federação Paulista de Volleyball

FPV

Finasa vence Sport/Maurício de Nassau

11 dez 2007

Equipe paulista inicia caminhada por mais um título com vitória por 3 a 0

Recife (PE) –O Finasa estreou com boa vitória na Superliga Feminina de Vôlei de 2007/2008. A equipe paulista derrotou o Sport/Maurício de Nassau nesta segunda-feira por 3 a 0, com parciais de 25/19, 25/11 e 25/7, em apenas 1h05 de jogo, no superlotado Ginásio Marcelino Lopes, em Recife. Atual vice-campeão, o Finasa, que busca o tetracampeonato do torneio, volta a jogar no sábado, às 11 horas, diante do Pinheiros/Blausiegel, no Ginásio Henrique Villaboin, em São Paulo.

Depois de um início nervoso de partida, considerado natural numa estréia em Superliga, o Finasa conseguiu impor seu ritmo de jogo e comprovar o seu favoritismo no confronto. A líbero Marcelinha foi eleita a melhor jogadora da partida e recebeu o troféu VivaVôlei, dado pela Confederação Brasileira de Vôlei (CBV) ao destaque do jogo.

“Faz muito tempo que não ganho esse troféu e estou muito feliz com isso, principalmente numa estréia na Superliga. O time começou um pouco irregular, mas logo entrou em ritmo”, comentou a jogadora potiguar de 22 anos.

A atacante Paula Pequeno também ficou muito feliz com a estréia. “Começamos com o pé direito. O time ganhou confiança no decorrer do jogo e isso foi muito bom. O grupo está muito confiante e jogando com alegria”, disse a atleta brasiliense de 25 anos.

A dificuldade encontrada no início da partida foi considerada natural pelo técnico Luizomar de Moura. “Tivemos muito pouco tempo para treinar em função do Sport/Maurício de Nassau, um estreante na competição. O Finasa sentiu um pouco no início, mas depois, com seriedade, impôs seu ritmo. A relação saque-bloqueio esteve muito bem.”

O time viaja na madrugada desta terça-feira de volta para Osasco e as jogadoras ganham folga. Na quarta, o time retoma os treinos em dois períodos.

Time estreante na competição, o Sport/Maurício de Nassau tem nove jogadoras formadas no clube. Do time titular, apenas a líbero Flavinha foi contratada como reforço. Todas as outras são “pratas da casa” e isso mostra a importância da formação de atletas, trabalho realizado no Finasa, que tem todas as categorias de base e, em parceria com a Prefeitura de Osasco, investe num projeto social de iniciação esportiva de quase 3.000 meninas no vôlei e no basquete.

O Finasa está no grupo B da Superliga ao lado de Pinheiros/Blausiegel, Fiat/Minas, Mackenzie/Cia do Terno e Sport/Maurício de Nassau. No A, estão Rexona-Ades, Banespa, São Caetano, Vôlei Futuro/Araçatuba e Brasil Telecom.

O Finasa começou jogando com Ana Tiemi, Elisangela, Adenízia, Danielle Scott, Paula Pequeno, Natália e Marcelinha como líbero. Entraram também Carol Albuquerque, Tandara, Suelle, Andréia e Silvana. Já o Sport/Maurício de Nassau, dirigido por José Alves, contou com Diana, Paula, Wivian, Tita, Pilão, Milca e Flavinha como líbero. Também entraram Diu, Nanda e Liv.

Fonte: ZDL

Veja também:

Rua Dr. Rafael de Barros, 596
CEP: 04003-043 - São Paulo, SP
(11) 3053-9560