Federação Paulista de Volleyball

FPV

Finasa vence o Brasil Telecom na Superliga

16 fev 2006

Osasco (SP) – O Finasa derrotou na noite desta quarta-feira o Brasil Telecom, de Brasília, por 3 a 1, com parciais de 19/25, 25/16, 25/19 e 25/23, em 1h32min de partida, no Ginásio Professor José Liberatti, em Osasco. Esta foi a 11ª. vitória do tricampeão brasileiro na Superliga Feminina de Vôlei. Vice-líder da competição, o time orientado pelo técnico Paulo Coco volta a jogar no sábado, diante do Blue Life/Pinheiros, em São Paulo.

Sem a atacante Paula Pequeno, grávida de cinco meses, que acompanhou o jogo das arquibancadas, Paulo Coco resolveu dar ritmo para suas jogadoras. A levantadora Carol Albuquerque, recuperada de uma lesão na sola do pé, começou jogando pela primeira vez na Superliga, assim como a ponteira norte-americana Monique Evans, contratada para substituir Paula.

Com as mudanças, o Finasa teve algumas dificuldades no primeiro set, principalmente de entrosamento. A atacante Mari também mostrou instabilidade e acabou substituída por Soninha, logo no início do jogo, depois de errar ataques consecutivos. Soninha entrou muito bem em quadra e acabou ganhando o Troféu VivaVôlei da Confederação Brasileira de Vôlei (CBV), eleita a melhor atleta da partida.

Depois do susto do primeiro set, o time de Osasco acertou o passe e Carol Albuquerque começou a ter maior tranqüilidade para distribuir as jogadas. Com isso, o Finasa impôs seu ritmo e conseguiu mais uma excelente vitória na competição. A atacante Bia foi a maior pontuadora da partida, com 28 pontos.

Soninha ficou muito feliz com a atuação. “É muito bom entrar bem no jogo e, principalmente, passar confiança para o grupo”, disse a atleta. “A recompensa maior ainda foi ter ganho o VivaVôlei da CBV.”

Bia, muito marcada no início do jogo, conseguiu reverter a situação no decorrer da partida. “Ficou difícil para o bloqueio me marcar depois do segundo set. Estou entrando no meu melhor ritmo e espero continuar assim até o final da Superliga.”

Paulo Barros não gostou, de uma maneira geral, do desempenho da equipe. “Acho que este foi o pior desempenho do Finasa na competição. O Brasil Telecom evoluiu muito em relação ao primeiro turno, mas nós pioramos. Vamos conversar e corrigir as falhas para o restante do torneio”, comentou.

O Finasa começou jogando com Carol Albuquerque, Bia, Valeskinha, Carol Gattaz, Mari, Monique Evans e Arlene como líbero. Entraram também Fabiana Berto, Soninha e Luciana. O Brasil Telecom, dirigido pelo técnico William Carvalho, contou com Fernandinha, Fernanda Berti, Thais, Flávia, Fernanda Ísis, Mari Helen e Stephany, como líbero. Também jogaram Flavinha, Cris, Denise, Tandara e Juciely.

Fonte: ZDL

Veja também:

Rua Dr. Rafael de Barros, 596
CEP: 04003-043 - São Paulo, SP
(11) 3053-9560