Federação Paulista de Volleyball

FPV

FINASA PODE SER CAMPEÃO PAULISTA NESTA TERÇA-FEIRA

28 nov 2005

Osasco (SP) – Depois de vencer o Pinheiros/Blue Life por 3 a 0 na abertura do playoff decisivo, em São Paulo, o Finasa pode conquistar nesta terça-feira o título do Campeonato Paulista Feminino de Vôlei de 2005. O segundo jogo da série melhor-de-três será disputado no Ginásio Professor José Liberatti, em Osasco, a partir das 20h30, com transmissão ao vivo pela SporTV. A entrada é gratuita para o público. Se o Pinheiros vencer, haverá a disputa da terceira e última partida, prevista para sábado, às 13 horas, também em Osasco.

“O primeiro jogo já demonstrou que o título será decidido nos detalhes. O segundo deverá ser ainda mais disputado e, assim como no primeiro, quem errar menos levará a melhor”, acredita a meio-de-rede Carol Gattaz, recém-chegada da seleção brasileira, juntamente com a levantadora Carol Albuquerque e a também meio-de-rede e capitã Valeskinha.

As três foram titulares do Finasa na primeira partida das finais, tendo treinado apenas três dias com o grupo. “Temos de arrumar melhor a equipe, tentar entrar mais soltas e melhorar nosso entrosamento. Já estamos acostumadas a jogar com as meninas, mas como estávamos fora há pelo menos 20 dias, temos que nos adaptar novamente. Não podemos errar tanto”, comenta a levantadora.

A concentração, a atenção e a paciência são características ressaltadas pelo técnico Paulo Coco para esta final contra o Pinheiros. Para o treinador, não foi novidade a dificuldade que encontraram para marcar cada ponto, já que as bolas do Pinheiros são sempre muito disputadas. “Basta observarmos que a diferença no placar entre as equipes em cada set não passou de dois pontos. Então, com toda certeza, o próximo jogo será ainda mais difícil”, acredita.

Para a segunda partida, Coco procura afinar alguns fundamentos, os quais julgou deficientes. “Temos de melhorar a defesa e principalmente o passe. Isso já dará mais rapidez às jogadas e, automaticamente, acertaremos o levantamento. E para que tudo isso aconteça, uma peça muito importante é o entrosamento, coisa que nos faltou neste primeiro jogo, por causa do retorno das jogadoras que estavam na seleção”, analisa o técnico.

A atacante Mari, afastada quase seis meses das quadras por conta de uma cirurgia no ombro direito, foi relacionada entre as 12 inscritas no primeiro confronto. “Sei que não estou 100%, mesmo com a alta e treinando normalmente, mas estou pronta para voltar e contribuir com o meu melhor, caso precisem de mim”, garante a jogadora de 23 anos e 1,89m. “O Pinheiros virá para tudo ou nada, porque somente a vitória leva a decisão para o desempate. Este segundo jogo será ainda pior, por isso, temos de nos entrosar bem, melhorar nosso passe, fundamento em que falhamos muito”, alerta.

Sorteios – Para a levantadora Fabiana Berto, que entrou em momentos importantes dos sets na vitória por 25/23, 29/27 e 25/23, a fase é de análise, de correção dos erros e de estudo estratégico e tático. “Tivemos falta de entrosamento, mas agora não podemos repetir esses erros. Por isso, treinamos forte, assistimos aos vídeos, nos concentramos. O grupo está muito unido e tem consciência da responsabilidade desta decisão”, comenta.

Em busca do sétimo título paulista, o quinto consecutivo, o atual tricampeão da Superliga tem um retrospecto sensacional no torneio. Afinal, o Finasa soma 17 vitórias em 17 jogos, 15 dos quais por 3 sets a 0.

Para o jogo desta terça-feira, além de entrada gratuita no ginásio, os torcedores concorrerão ao sorteio de uma bicicleta, de mochilas exclusivas do Finasa e de outros prêmios. Quem puder ir mais cedo ao ginásio, assistirá, a partir das 16 horas, ao jogo entre Finasa e São Caetano pela fase final do Campeonato Estadual Infanto-Juvenil Feminino de Vôlei. O Finasa perdeu a primeira partida por 3 a 2, sábado, em São Caetano.

Fonte: ZDL

Veja também:

Rua Dr. Rafael de Barros, 596
CEP: 04003-043 - São Paulo, SP
(11) 3053-9560