Federação Paulista de Volleyball

FPV

Finasa/Osasco e Brasil Telecom voltam a se encontrar

07 fev 2008

Rio de Janeiro – Finalistas do primeiro torneio da fase classificatória da Superliga feminina de vôlei 07/08, Finasa/Osasco (SP) e Brasil Telecom (SC) se reencontrarão nesta sexta-feira (08.02), em partida válida pela primeira rodada da terceira etapa da competição. O duelo, que será realizado no ginásio José Liberatti, em Osasco (SP), às 20h30, terá transmissão ao vivo do canal Sportv.

A equipe paulista, campeã do primeiro torneio e vice do segundo, é a líder da classificação geral da Superliga feminina 07/08 com 20 pontos – nove vitórias e duas derrotas. Segundo colocado no primeiro torneio, o Brasil Telecom acumula sete resultados positivos e três negativos – ocupa o terceiro lugar na classificação geral.

Este será o terceiro duelo entre as equipes na atual edição da Superliga. Nos dois encontros anteriores, o Finasa/Osasco levou a melhor. Na final do primeiro torneio, o time paulista derrotou a equipe catarinense por 3 sets a 2, na Arena Multiuso, em Brusque (SC). Os times se encontraram novamente na primeira rodada do segundo torneio, mais uma vez no ginásio da equipe catarinense, e o Finasa/Osasco voltou a vencer: 3 sets 1.

Adversários nesta partida, os técnicos Luizomar de Moura, do Finasa/Osasco, e Mauricio Thomas, do Brasil Telecom, acostumaram-se a trabalhar em conjunto nas últimas temporadas. Técnico da Seleção Brasileira Juvenil Feminina, Luizomar conta com o apoio de Mauricio, que exerce a função de assistente técnico na equipe desde 2004.

A parceria entre Luizomar de Moura e Mauricio Thomas é um verdadeiro sucesso nas Seleções Brasileira de base. Juntos, eles conquistaram os títulos sul-americano infanto-juvenil, no Equador, em 2004, mundial infanto-juvenil, em Macau, em 2005, sul-americano juvenil, na Venezuela, em 2006, e mundial juvenil, na Tailândia, em 2007.

Segundo Luizomar, Mauricio tem grande parcela de contribuição no desempenho das Seleções de base nas últimas temporadas.

“Conheci o Mauricio no voleibol carioca. Eu era técnico do Flamengo e ele, assistente da Isabel no Vasco. Em 2004, decidi convidá-lo para nos ajudar na comissão técnica da Seleção Brasileira Infanto-Juvenil Feminina. Hoje, esta escolha se mostra muito acertada. Dentro da nossa comissão técnica, ele não trabalha como um assistente, mas sim como um treinador. Procuro dividir as funções com ele. Conhecemos bem a maneira do outro trabalhar, mas isso não interfere na partida, pois montamos nossas equipes de acordo com as características das jogadoras que temos”, acredita Luizomar, que aponta a principal qualidade do Brasil Telecom.

“O Mauricio conta uma equipe muito experiente, que tem duas medalhistas olímpicas (Érika e Karin) e uma levantadora que já defendeu grandes equipes (Fabi Berto). Elas fizeram uma boa campanha no primeiro torneio e acabaram sofrendo um tropeço inesperado na segunda etapa, diante do Sport/Mauricio de Nassau (PE). Mas, como contam com um time maduro, tenho certeza que irão retomar o ritmo do primeiro torneio sem se abalar com esta derrota”, aposta Luizomar.

Para Mauricio Thomas, os quatro anos de parceria com Luizomar renderam muitos frutos para sua carreira. O treinador do Brasil Telecom destaca a boa relação entre os dois.

“Iniciamos, em 2004, na Seleção Infanto-Juvenil, a formação desta equipe que conquistou o título mundial juvenil no ano passado, completando o ciclo vitorioso. Tenho um grande carinho e muita gratidão pelo Luizomar, que é um apaixonado pelo voleibol e passa isso para suas atletas. Hoje, ele é um dos principais estrategistas do vôlei brasileiro. Nestes quatro anos, aprendi muitas coisas boas com ele” diz Mauricio, destacando as principais características do Finasa/Osasco.

“Nos dois jogos, o bloqueio do Finasa/Osasco funcionou muito bem contra nós. Estamos desenvolvendo maneiras de fugir desta marcação pesada. Além disso, a qualidade individual de jogadoras como a Paula Pequeno, a Elisangela e a Carol Albuquerque apareceu. Conheço a maneira de pensar do Luizomar e, por isso, ele inovou em alguns momentos dos nossos confrontos para me surpreender. Precisamos estar atentos a estas mudanças que ele pode realizar durante a partida”, completa.

As qualidades destacadas pelos treinadores se refletem nas estatísticas oficiais da Superliga feminina 07/08. Nos rankings por equipes, o Finasa/Osasco é o segundo colocado no bloqueio (24,16%) e na defesa (40,74%) e o terceiro no ataque (23,87%). A equipe catarinense lidera o ranking de bloqueio (24,51%), é a terceira na defesa (36,80%) e a quarta no ataque (21,49%).

Individualmente, o principal destaque do Finasa/Osasco é a ponteira Paula Pequeno, terceira maior pontuadora da Superliga 07/08 com 141 acertos, líder do ranking de ataque (26,77%), sexta colocada na defesa (46,15%) e sétima na recepção (42,65%). Também brilham na equipe paulista a meio-de-rede Adenizia, líder no bloqueio (30,56%) e ponteira Natália, quinta colocada na defesa (46,97%) e sétima no ataque (19,78%).

Do lado do Brasil Telecom, a principal atração é a oposto Lia, maior pontuadora da competição com 158 acertos, e segunda colocada nos rankings de bloqueio (26,51%) e defesa (56,52%). Quarta maior pontuadora com 137 acertos, a ponteira Érika ocupa a mesma colocação nas estatísticas de ataque (20,90%). A meio-de-rede Edna é a sexta colocada no bloqueio (25,00%).

EQUIPES

FINASA/OSASCO – Carol Albuquerque, Elisangela, Paula Pequeno, Natália, Danielle Scott e Adenizia. Líbero – Marcelinha. Técnico – Luizomar de Moura.

BRASIL TELECOM – Fabi Berto, Lia, Juliana Costa, Érika, Renata e Edna. Líbero – Verê. Técnico – Mauricio Thomas.

Fonte: CBV

Veja também:

Rua Dr. Rafael de Barros, 596
CEP: 04003-043 - São Paulo, SP
(11) 3053-9560