Federação Paulista de Volleyball

FPV

Finasa/Osasco derrota o São Caetano/Mon Bijou

21 dez 2006

São Paulo – No confronto de invictos válido pela quarta rodada do turno da Superliga feminina de vôlei 06/07, o Finasa/Osasco (SP) derrotou o São Caetano/Mon Bijou (SP), por 3 sets a 0, parciais de 25/15, 25/22 e 26/24, em 1h22 de jogo. A partida foi realizada no ginásio José Liberatti, em Osasco (SP), nesta quarta (20.12), dia em que a líbero Arlene, do Finasa/Osasco, completou 37 anos.

A líbero Arlene, inclusive, recebeu o Troféu VivaVôlei de melhor jogadora em quadra. A ponteira Natália, também do Finasa/Osasco, foi a maior pontuadora da partida, com 18 acertos. Agora, além do Finasa/Osasco, somente o Rexona-Ades (RJ) segue sem derrota na competição. O time carioca voltará à quadra nesta quinta (21.12), às 20h, no ginásio do Tijuca, no Rio, contra o Pinheros/Blue Life (SP), com transmissão ao vivo do canal Sportv.

No dia 10.01 (quarta-feira), pela quinta rodada do turno, o Finasa/Osasco terá pela frente a Cimed/Macaé (RJ), às 19h30, no ginásio Maurício Bittencourt, em Macaé (RJ); e o São Caetano/Mon Bijou receberá o Rexona-Ades, às 20h, no ginásio Lauro Gomes, em São Caetano do Sul (SP).

EQUIPES

FINASA/OSASCO – Fabiana Berto, Elisângela, Natália, Paula Pequeno, Carol Gattaz e Valeskinha. Líbero : Arlene. Entraram: Fernandinha, Silvana e Adenizia. Técnico : Luizomar de Moura.

SÃO CAETANO/MON BIJOU – Ana Cristina, Ciça, Suelle, Dayse, Paula e Karin Rodrigues. Líbero : Nine. Entraram: Danúbia, Natasha, Joyce, Tica e Aninha. Técnico : Antonio Rizola.

ANÁLISE DA PARTIDA

Luizomar de Moura, técnico do Finasa/Osasco – “Chamei a atenção do time antes do jogo, porque havíamos perdido o primeiro set nas três primeiras rodadas. Desta vez, o Finasa/Osasco foi completo na primeira parcial e ganhou a moral necessária para vencer por 3 sets a 0”.

Antonio Rizola, técnico do São Caetano/Mon Bijou – “Foi a nossa pior partida neste ano. Por incrível que pareça, faltou entrosamento apesar de estarmos no fim do ano. Além disso, atuamos sem agressividade. Em dois sets chegamos a estar na frente, mas faltou vontade de vencer. Na última parcial, estávamos ganhando por 19 a 18 quando a Dayse saiu machucada. A sua saída foi fatal. Além dela, outras jogadoras não estavam em perfeitas condições físicas. Eu acabei forçando a entrada da meio-de-rede Natasha, por exemplo, no terceiro set. É preciso ter poder de superação nesses momentos, mas nem sempre é possível. Enfim, o ano foi espetacular para a nossa equipe, que agora ficará em terceiro lugar. Estamos dentro do nosso planejamento, que é garantir um lugar entre as quatro melhores do país”.

Arlene, líbero do Finasa/Osasco – “A vitória e a conquista do Troféu VivaVôlei foram belos presentes no dia do meu aniversário. Eu estou muito feliz, pois estava perseguindo esse prêmio há algum tempo. Admito que as atacantes geralmente são merecedoras, porque pontuam e fazem o jogo fluir”.

Fonte: CBV

Veja também:

Rua Dr. Rafael de Barros, 596
CEP: 04003-043 - São Paulo, SP
(11) 3053-9560