Federação Paulista de Volleyball

FPV

Finasa obtém nova vitória na Superliga

20 jan 2008

Única invicta na competição, equipe derrotou o Vôlei Futuro por 3 a 0, em Osasco

Osasco (SP) – O Finasa obteve neste sábado a nona vitória seguida na Superliga Feminina de Vôlei de 2007/2008. Desta vez, o time dirigido pelo técnico Luizomar de Moura derrotou o Vôlei Futuro, de Araçatuba, por 3 a 0, com parciais de 25/19, 25/16 e 25/20, em 1h22 de partida, no Ginásio Professor José Liberatti, em Osasco. Com isso, o campeão do primeiro torneio, líder do grupo B e da classificação geral da competição mantém-se como o único invicto do campeonato.

As jogadoras do Finasa descansam neste domingo e na segunda-feira retomam a rotina de treinamentos para uma semana decisiva. A equipe enfrenta o Banespa na quinta-feira, às 18 horas, em São Paulo, e o Rexona-Ades, no sábado, às 15 horas, no Rio de Janeiro, na última rodada de classificação do segundo torneio. A decisão do título desta fase, entre os campeões dos grupos A e B, está prevista para o dia 29, com mando de campo da Confederação Brasileira de Vôlei (CBV) na cidade do time que garantir a melhor campanha.

Assim como ocorreu na vitória de quinta-feira, diante do São Caetano, o Finasa impôs seu forte ritmo de jogo desde o início. Tanto assim que no terceiro set, Luizomar resolveu poupar algumas atletas, substituindo Danielle Scott e Paula Pequeno por Andréia e Suelle.

A meio-de-rede Adenízia ganhou o Troféu VivaVôlei dado pela Confederação Brasileira de Vôlei à melhor atleta da partida. O seu desempenho individual e especialmente a atuação da equipe foram lembrados pela jogadora mineira de 20 anos. “Foi mais um resultado importante, resultado do equilíbrio do time e das jogadoras”, comentou. “Vamos tentar manter o padrão para continuar tendo vitórias. Fico muito feliz como o prêmio e mais ainda pela vitória.”

Luizomar também destacou o bom padrão de jogo do time no torneio. “Conseguimos mais uma vez apresentar um bom nível e vencer com confiança”, disse. “Tivemos a oportunidade de escalar jogadoras mais jovens e dar mais ritmo a elas. Isso pode ser muito importante nas próximas fase da competição,”

O Finasa começou jogando com Carol Albuquerque, Elisangela, Adenízia, Danielle Scott, Paula Pequeno, Natália e Marcelinha como líbero. Também entraram Suelle, Andréia e Silvana. Já o Vôlei Futuro, orientado pelo técnico Boni, contou com Ana Maria, Soraia, Juliana, Izabela, Fernanda, Viviane e Suellen, como líbero. Entraram também Tully, Camila, Carla, Danúbia e Jaqueline.

Fonte: ZDL

Finasa obtém nova vitória na Superliga

12 fev 2006

São Caetano do Sul – O Finasa derrotou no início da noite deste sábado o São Caetano/Mon Bijou por 3 a 0, com parciais de 25/21, 25/20 e 25/15, em 1h13 de partida, no Ginásio Milton Feijão, no Complexo Desportivo Lauro Gomes, em São Caetano. Esta foi a décima vitória em 11 jogos do tricampeão brasileiro na Superliga Feminina de Vôlei de 2005/2006.

Com o resultado, o time orientado pelo técnico Paulo Coco manteve o segundo lugar na classificação geral da competição. Na quinta rodada do returno, marcada para quarta-feira, o adversário do tricampeão brasileiro será o Brasil Telecom, de Brasília, a partir das 20 horas, no Ginásio Professor José Liberatti, em Osasco.

Antes da partida, houve um minuto de silêncio por causa do falecimento do pai da meio-de-rede Ligia, Etelvino Centeno, ocorrido na sexta-feira, na cidade de Franca, em São Paulo. A jogadora, dispensada pelo treinador já na vitória sobre o ASBS-Suzano, na quarta-feira, novamente desfalcou o time de Osasco neste sábado.

Com o saque forçado, o Finasa conseguiu impor seu ritmo desde o início da partida. O bloqueio novamente foi o ponto positivo da equipe. A atacante Bia, com 21 pontos, foi eleita mais uma vez a melhor atleta da partida, recebendo o Troféu VivaVôlei da Confederação Brasileira de Vôlei (CBV).

Mesmo feliz com a vitória por 3 a 0, Bia fez algumas restrições ao desempenho do time. “Não foi a vitória que a gente queria. Treinamos bastante, mas acabamos errando em alguns detalhes. Vamos trabalhar mais para jogar melhor”, comentou a jogadora carioca, de 34 anos e 1,79m.

O técnico Paulo Coco gostou da evolução do saque, fundamento em que o time vem investindo desde o final do primeiro turno. Assim como Bia, porém, ele acha que a equipe tem de melhorar mais até o fim da fase de classificação. “Estamos mexendo bastante no time e o entrosamento ainda não é o ideal. A Monique está começando agora e isso é normal”, disse o treinador, que não gostou também da distribuição de jogadas. “As ponteiras estão sobrecarregadas. Temos de melhorar.”

A norte-americana Monique Adams fez sua segunda partida no Finasa. Ela entrou no primeiro set e vem ganhando ritmo de jogo, depois de cerca de um mês afastada das quadras por causa da burocracia de transferência internacional.

O Finasa começou jogando com Fabiana Berto, Bia, Valeskinha, Carol Gattaz, Mari, Soninha e Arlene como líbero. Jogaram também Carol Albuquerque, Luciana, Monique Adams e Adenízia. O São Caetano/Mon Bijou, dirigido pelo técnico Antônio Rizola, contou com Fabíola, Dayse, Karin, Ana Paula, Ciça, Suelle e Nime como líbero. Também entraram Elaine, Aninha, Renata e Raquel.

Fonte: ZDL

Veja também:

Rua Dr. Rafael de Barros, 596
CEP: 04003-043 - São Paulo, SP
(11) 3053-9560