Federação Paulista de Volleyball

FPV

Finasa faz peneira de vôlei em dezembro

28 nov 2007

Osasco (SP) – As meninas que sonham em ser jogadoras profissionais de vôlei terão a oportunidade de tentar uma vaga nas categorias de base do Finasa, um clube com 20 anos de história no apoio aos esportes. Neste período, centenas de atletas foram descobertas ou tiveram potencial e talento desenvolvidos num trabalho sério e com completa infra-estrutura.

Para oferecer esta chance, a tradicional peneira de vôlei do Finasa será realizada a partir de 9, no Ginásio Professor José Liberatti, na Praça Lucas Pavão, s/n, Presidente Altino, em Osasco. A equipe responsável por escolher as novas atletas das categorias de base irá avaliar atributos físicos, as habilidades e conhecimentos técnicos da candidata no esporte que disputam.

A candidata deve portar carteira de identidade, vestir-se com tênis, meias, bermudas esportivas e camiseta e, imprescindível, estar acompanhada do responsável legal. Às 8 horas, serão avaliadas as meninas nascidas em 1991, 1992 e 1994 (infanto-juvenil e mirim); às 11 horas, será a vez das jogadoras nascidas em 1993 e 1995 (infantil e pré-mirim); e, às 14 horas, ocorre a seletiva das candidatas nascidas em 1996, 1997 e 1998 (iniciantes).

Jogadoras de outras cidades (fora da Grande São Paulo) ou estados, deverão comparecer prevenidas com roupas e objetos de uso pessoal para a realização de mais três dias de testes, caso sejam selecionadas para a segunda fase. Neste caso serão fornecidas pela Associação Desportista Classista Finasa hospedagem e alimentação sem ônus para candidata e acompanhante (responsável legal).

É importante que as candidatas estejam presentes no horário informado para a sua categoria com 30 minutos de antecedência. Os resultados dos testes serão divulgados imediatamente após a realização dos mesmos. Não serão fornecidos resultados por telefone, fax ou e-mail.

Candidatas aprovadas – As aprovadas na primeira fase passarão por mais três dias de testes, nos dias 10, 11 e 12, para avaliações táticas, técnicas e físicas. Após a aprovação definitiva e/ou mediante a contratação a ser efetuada, somente terão direito à moradia as jogadoras de outros Estados e cidades (exceto da Grande São Paulo), nascidas em 1991, 1992 e 1993.

A parceria entre o Programa Finasa Esportes e a Prefeitura de Osasco conta atualmente com 148 profissionais para a realização de atividades que ocorrem em escolas da rede pública estadual e municipal, centros esportivos da Prefeitura, em uma unidade do Sesi-Osasco e em escolas particulares. A estrutura atende, gratuitamente, cerca de 3 mil meninas em Núcleos de Formação e 178 atletas em Núcleos de Especialistas nas modalidades de vôlei e basquete.

Fonte: ZDL

Finasa faz peneira de vôlei em dezembro

22 nov 2007

Inscrição é gratuita e será feita no ato da realização do teste, que começa dia 9

Osasco (SP) – As meninas que sonham em ser jogadoras profissionais de vôlei terão a oportunidade de tentar uma vaga nas categorias de base do Finasa, um clube com 20 anos de história no apoio ao esporte. Neste período, centenas de atletas foram descobertas ou tiveram potencial e talento desenvolvidos num trabalho sério e com completa infra-estrutura.

Para oferecer esta oportunidade, a tradicional peneira do Finasa será realizada no dia 9 e as aprovadas passarão por mais três dias de avaliações (dias 10, 11 e 12). Os testes para as jogadoras de vôlei serão feitos no Ginásio Professor José Liberatti (Praça Lucas Pavão, s/n, Presidente Altino, em Osasco).

É importante que as candidatas estejam presentes no horário informado para a sua categoria com 30 minutos de antecedência. Os resultados dos testes serão divulgados imediatamente após a realização dos mesmos. Não serão fornecidos resultados por telefone, fax ou e-mail.

As equipes responsáveis por escolher as novas atletas das categorias de base irão avaliar atributos físicos, habilidades e conhecimentos técnicos do esporte. Ao ser aprovada na primeira fase da seletiva, a candidata passará por mais uma bateria de testes para avaliações táticas, técnicas e físicas.

Jogadoras de outras cidades (fora da Grande São Paulo) ou estados deverão comparecer prevenidas com roupas e objetos de uso pessoal para a realização de mais três dias de testes, caso sejam selecionadas para a segunda fase. Neste caso serão fornecidas pela Associação Desportista Classista Finasa hospedagem e alimentação sem ônus para candidata e acompanhante (responsável legal).

O biótipo da interessada será uma das qualidades avaliadas na seletiva, que é gratuita. Além dos atributos físicos, a equipe responsável por escolher as novas atletas das categorias de base deve avaliar as habilidades e conhecimentos táticos e técnicos da candidata. Não é necessária ser ou ter sido jogadora de outro clube ou ser filiada a qualquer federação.

As candidatas devem portar carteira de identidade, vestir-se com tênis, meias, bermudas esportivas e camiseta e, preferencialmente, estar acompanhadas do responsável legal.

Programação – Às 8 horas do dia 9 serão avaliadas as meninas nascidas em 1991, 1992 e 1994 (infanto-juvenil e mirim); às 11 horas, será a vez das nascidas em 1993 e 1995 (infantil e pré-mirim); e, às 14 horas, ocorre a seletiva para as nascidas em 1996, 1997 e 1998 (iniciantes).

Após a aprovação definitiva e/ou mediante a contratação a ser efetuada, somente terão direito à moradia as jogadoras de outros estados e cidades (exceto da Grande São Paulo), nascidas em 1991, 1992 e 1993.

Fonte: ZDL

Veja também:

Rua Dr. Rafael de Barros, 596
CEP: 04003-043 - São Paulo, SP
(11) 3053-9560