Federação Paulista de Volleyball

FPV

Finasa enfrenta o BrasílTelecom no domingo

26 jan 2007

Rio de Janeiro – BrasilTelecom (DF) e Finasa/Osasco (SP) encerram neste domingo (28.01), às 13h, com transmissão ao vivo do canal Sportv, a segunda rodada da segunda fase classificatória da Superliga feminina de vôlei 06/07, no ginásio Planalto, em Brasília. O time de Osasco terminou a última rodada na vice-liderança, com seis vitórias no total, e as brasilienses na sexta colocação, com duas. Os dois times foram derrotados nos dois últimos jogos. No comando da BrasilTelecom está Maurício Thomas, que na seleção brasileira juvenil feminina é auxiliar de Luizomar de Moura, atual treinador do Finasa/Osasco.

“Somos amigos. O Luizomar é um mestre em saber contornar os momentos difíceis. Ele soube lidar muito bem com esse tipo de situação em outras temporadas, tanto na seleção brasileira, quanto no Oi/Campos (RJ)”, elogia Maurício Thomas.

“Conheço muito bem o Maurício Thomas, que está sabendo aproveitar da melhor forma a sua primeira oportunidade como treinador numa Superliga. Ele faz uma boa mescla de jovens com potencial, como a oposto Tandara, e jogadoras experientes, entre elas a ponteira Denise e a líbero Rafa. A Tandara, inclusive, trabalhou com a gente na seleção brasileira juvenil”, explica Luizomar de Moura.

Tandara, de 18 anos e 1,82m, é a sexta maior pontuadora da Superliga, com 105 acertos, e a décima atacante mais eficiente (19,78%). De quebra, tem o quinto melhor saque da competição (7,23%). Denise, 15ª principal pontuadora (81), está em sétimo lugar no ranking de ataque (21,47% de aproveitamento) e em quinto na defesa (45,24%). Nas estatísticas de bloqueio, a BrasilTelecom comprova a sua força com duas meios-de-rede entre as cinco melhores da Superliga: Fernanda Isis, segunda colocada com 25,00%, e Juciely, quinta com 22,06%.
Frente a frente com a dupla Fernanda Isis/Juciely estarão duas das três maiores pontuadoras da competição: Paula Pequeno (125 acertos) e Natalia (117). Além delas, o Finasa/Osasco conta com a oposto Elisângela, que já contabiliza 70 pontos e tem o oitavo ataque mais eficiente (21,39%). Enquanto Natalia também figura entre as melhores no saque, em quarto lugar (7,25%), a meio-de-rede Valeskinha, segunda colocada na defesa (49,64%), ocupa a sétima posição no quesito bloqueio (20,37%). Na recepção, a líbero Arlene lidera as estatísticas (60,30%).

Maurício admite que na teoria o Finasa/Osasco é favorito, mas Luizomar dispensa esse rótulo. “Não vejo obrigação da vitória de uma equipe sobre a outra simplesmente pelo investimento financeiro. Se no papel consideram o Finasa/Osasco mais forte, não significa que somos favoritos. Muita coisa está envolvida dentro da quadra, como a vontade de vencer e a determinação, por exemplo. Estamos vindo de dois resultados negativos e precisamos da reabilitação, pois temos objetivos importantes traçados”, afirma o treinador do Finasa/Osasco.

De acordo com Maurício Thomas, a BrasilTelecom ainda não encontrou a substituta ideal da ponteira Raquele, que se transferiu para o voleibol coreano. “Após a saída da Raquele, ninguém assumiu o seu posto. Além disso, a meio-de-rede Juciely está voltando de contusão e ainda não readquiriu a sua melhor forma física, mas vai jogar. A ponteira Ângela, que foi titular contra a Cimed/Macaé (RJ), sentiu dores no joelho e é dúvida. Temos de admitir que atuamos mal na derrota para a Cimed/Macaé. É preciso resgatar a confiança das jogadoras, até porque estamos devendo uma boa apresentação para o torcedor brasiliense. O Finasa/Osasco é favorito e tem grandes jogadoras, que já passaram por outros momentos difíceis como esse”, diz o técnico da BrasilTelecom.

EQUIPES

BRASILTELECOM – Fabíola, Tandara, Ângela, Dê, Juciely e Fernanda Isis. Líbero : Vanessinha. Técnico: Maurício Thomas

FINASA/OSASCO – Fabiana Berto, Elisângela, Natália, Paula Pequeno, Carol Gattaz e Valeskinha. Líbero : Arlene. Técnico : Luizomar de Moura

Fonte: CBV

Veja também:

Rua Dr. Rafael de Barros, 596
CEP: 04003-043 - São Paulo, SP
(11) 3053-9560