Federação Paulista de Volleyball

FPV

Finasa decide título do grupo B e vaga para a final

06 mar 2009

 


 


Fonte: ZDL


 


Jogo será neste sábado contra o Pinheiros/Mackenzie, em São Paulo


 


Osasco (SP) – O Finasa decide neste sábado o título de campeão do grupo B e, consequentemente, a vaga para a final do quarto turno da Superliga Feminina de Vôlei de 2008/2009. Para alcançar o objetivo, a equipe orientada pelo técnico Luizomar de Moura precisa vencer o Pinheiros/Mackenzie, que também está invicto no grupo, igualmente sem ter perdido nenhum set na fase. A partida será às 21h45 deste sábado, no Ginásio Poliesportivo Henrique Villaboim, em São Paulo. O canal SporTV transmitirá o jogo ao vivo.


 


Em caso de vitória, o atual campeão paulista completará 20 vitórias, em 24 rodadas. Somará ainda 44 pontos ganhos na classificação geral, seis a mais em relação ao próprio Pinheiros/Mackenzie – atual terceiro colocado. A equipe já está classificada para os playoffs do campeonato.


 


Equipe de melhor ataque na competição, com 27,69% de eficiência, segundo as estatísticas oficias da Confederação Brasileira de Vôlei (CBV), o Finasa espera fazer um grande jogo na última rodada da chave. “Teremos dois objetivos neste confronto decisivo do turno. Conquistar vaga na final com a nova formação do grupo (sem Paula Pequeno que será poupada) e reverter o retrospecto da primeira fase, quando perdemos para o Pinheiros/Mackenzie”, enfatizou o assistente técnico Jefferson Arosti.


 


Para a levantadora Carol Albuquerque, segunda melhor em seu fundamento no torneio (26,72%), a disputa pela vaga na final deverá ser acirrada. “Esse confronto, teoricamente, será o mais difícil da chave. Para chegarmos à decisão do turno, precisamos superar o Pinheiros que tem sido perigoso na competição”, comentou a campeã dos Jogos Olímpicos de Pequim. “Por conhecermos bem o adversário, cuidaremos de todos os detalhes para não haver erros.”


 


A líbero Camila Brait, dona da terceira melhor defesa (48,12% de aproveitamento), concorda com a companheira ao prever equilíbrio. “Não podemos bobear em nenhum momento, já que aguardamos uma partida muito difícil. Devemos entrar com atitude desde o começo da partida e impor o nosso ritmo forte de jogo”, disse a mineira, de 20 anos. “Evitaremos as falhas para não sermos surpreendidas.”


 


Luizomar não definiu o time-base para o confronto, mas poderá começar com o mesmo grupo que venceu na quarta-feira o Minas Tênis Clube por 3 a 0, em Belo Horizonte (MG). Na ocasião, entrou com Carol Albuquerque, Lia, Adenízia, Thaísa, Sassá, Natália e a líbero Camila Brait.


 

Veja também:

Rua Dr. Rafael de Barros, 596
CEP: 04003-043 - São Paulo, SP
(11) 3053-9560