Federação Paulista de Volleyball

FPV

Finasa busca o tetracampeonato da Superliga de Vôlei

18 abr 2008

Decisão contra o Rexona-Ades será neste sábado, às 9h45, no Maracanãzinho

Rio de Janeiro (RJ) – O Finasa está pronto para buscar o tetracampeonato da Superliga Feminina de Vôlei neste sábado, contra o Rexona-Ades, no Ginásio do Maracanãzinho, no Rio de Janeiro. A equipe orientada pelo técnico Luizomar de Moura, que na manhã desta sexta-feira fez o último treino preparatório, vai jogar a sétima final consecutiva no campeonato mais importante do país. Com transmissão pela Rede Globo, a partida terá entrada gratuita para o público.

Pela quarta vez seguida, a equipe carioca é a adversária do Finasa na decisão do torneio. A rivalidade, para o campeão paulista, tem sido encarada com naturalidade. “Conhecemos o Rexona e sabemos que é um time bem montado até porque está entrosado há anos. Apesar disso, estamos preocupadas apenas com o nosso time que tem demonstrado muita união e comprometimento”, comentou a atacante Paula Pequeno. “Vamos tentar explorar todos os nossos pontos fortes porque agora é vencer ou vencer.”

Para a meio-de-rede Andréia, fazer a final fora de casa não deve intimidar a equipe. “Quando nos preparamos diante de um grande rival, a diferença ocorre somente dentro de quadra. Por isso, não vamos olhar para o local da final, mas somente para as falhas que o adversário apresentar”, disse a central. “O Maracanãzinho é um palco de grandes jogos. Sem dúvida, tentaremos de tudo para conquistar nele o tetracampeonato.”

Luizomar define a expectativa de lutar por mais um título na Superliga como natural. “Além de coroar o trabalho com o título, encerraremos uma temporada importante onde novas jogadoras surgiram e solidificaram a marca do Finasa como um time formador”, lembrou o treinador, campeão da Superliga 2000/2001 pelo Flamengo, e bicampeão mundial pela seleção brasileira infanto e juvenil. “Por isso, apesar da dificuldade de enfrentar o atual campeão da Superliga, o time está motivado e muito confiante na sua força.”

Luizomar não adiantou o time-base do Finasa, mas a tendência é começar jogando com Carol Albuquerque, Elisangela, Adenízia, Danielle Scott, Paula Pequeno, Natália e a líbero Marcelinha. Ana Tiemi e Silvana prosseguem em tratamento intensivo. As duas torceram o tornozelo direito na quarta-feira.

Confronto de vencedores – Campeão nas temporadas de 2002/2003, 2003/2004 e 2004/2005, o Finasa terá um confronto difícil até pelo histórico do adversário, ganhador dos títulos das temporadas de 1997/1998, 1999/2000, 2005/2006 e 2006/2007.

Nesta Superliga, o Finasa conseguiu a segunda melhor campanha do torneio, disputando 26 partidas, com 22 vitórias e quatro derrotas (todas para o Rexona). O time paulista venceu 72 sets e perdeu 23. Já o Rexona-Ades, primeiro colocado na classificação geral, fez 25 jogos, com 23 vitórias e duas derrotas (uma para o Finasa e outra para o Brasil Telecom). Em sets, o time carioca ganhou 72 e perdeu 18.

A Superliga 2007/2008 teve um sistema diferente de disputa em relação às edições anteriores. A fase classificatória, por exemplo, teve quatro minitorneios, com dois títulos para o Finasa e dois para o Rexona-Ades. A final será disputada em partida única.

Na decisão do terceiro lugar, o Pinheiros/Blausiegel (SP) derrotou nesta quinta-feira o Brasil Telecom (SC) por 3 sets a 1, com parciais de 16/25, 26/24, 25/18 e 25/19, em 1h51 de jogo na Arena Multiso de Brusque, em Santa Catarina.

Fonte: ZDL

Veja também:

Rua Dr. Rafael de Barros, 596
CEP: 04003-043 - São Paulo, SP
(11) 3053-9560