Federação Paulista de Volleyball

FPV

Finasa busca evolução para conquistar o primeiro torneio

26 dez 2007

Time enfrenta no domingo o Brasil Telecom, às 10 horas, em Brusque (SC)

Osasco (SP) – Depois de vencer no sábado o Fiat/Minas no tie-break, o Finasa se prepara para decidir o título do primeiro torneio da Superliga Feminina de Vôlei de 2007/2008 contra o Brasil Telecom. A partida final será realizada no domingo, às 10 horas, na Arena Multiuso de Brusque, em Santa Catarina, com transmissão ao vivo pela TV Globo. Invicta, a equipe orientada pelo técnico Luizomar de Moura busca a evolução para lutar pelo título do torneio e o tetracampeonato nacional.

Para assegurar vaga na final, além da equipe mineira, o Finasa venceu também o Sport/Maurício de Nassau por 3 a 0, em Recife, o Pinheiros/Blausiegel por 3 a 1, em São Paulo, e o Mackenzie/Cia do Terno por 3 a 0, em Osasco. No total, foram 12 sets ganhos contra apenas três perdidos no grupo B.

Ao término da sexta rodada da primeira fase da Superliga, as estatísticas da Confederação Brasileira de Vôlei (CBV) mostraram alguns destaques do time paulista. A atacante Paula Pequeno e a líbero Marcelinha são apontadas como as melhores jogadoras até agora nos fundamentos de ataque e recepção, respectivamente. Já no bloqueio e na defesa, a meio-de-rede Adenízia e a ponteira Natália aparecem na segunda colocação.

Nas estatísticas por equipe, o Finasa lidera os rankings de bloqueio e recepção, está em segundo no ataque e em terceiro no saque.

De olho no bom retrospecto, Luizomar quer ainda mais regularidade da equipe. “O primeiro grande objetivo, que era alcançar uma vaga na final, foi atingido. Agora, temos de reparar algumas falhas e imprimir sempre um ritmo forte sobre os adversários para ganharmos mais confiança”, comentou o treinador. “Contra o Brasil Telecom será mais um grande jogo, em que tentaremos manter a invencibilidade e conquistar o título do primeiro torneio.”

Para Paula Pequeno, a vitória de cada set no torneio é importante para o retrospecto. “O time tem a responsabilidade de vencer todos os sets. Por outro lado, o foco maior do elenco será derrotar o adversário não importa como”, disse a ponteira. “Não conseguimos trazer a decisão para São Paulo, entretanto, se vencermos fora de casa o título vai nos coroar da melhor forma possível.”

A disputa de torneios é novidade da competição. Ao contrário das edições anteriores, quando os times disputavam turno e returno todos contra todos na fase classificatória, desta vez as dez equipes participantes foram divididas em dois grupos (A e B), definidos de acordo com o nível técnico e posição geográfica.

Fonte: ZDL

Veja também:

Rua Dr. Rafael de Barros, 596
CEP: 04003-043 - São Paulo, SP
(11) 3053-9560