Federação Paulista de Volleyball

FPV

Finasa adapta-se ao local do clássico das semifinais

09 abr 2009

 


Fonte: ZDL


Time treina no Ginásio José Corrêa, em Barueri; palco deste domingo da segunda partida da série melhor-de-três desta fase


Barueri (SP) – O Finasa treina nesta quinta-feira em dois períodos no Ginásio José Corrêa, em Barueri (SP). A equipe orientada pelo técnico Luizomar de Moura tem como objetivo se ambientar às dimensões do local onde será disputada a segunda partida da série melhor-de-três das semifinais da Superliga Feminina de Vôlei 2008/2009, diante do São Caetano/Blausiegel. O clássico será neste domingo, às 9h45, com flashes da TV Globo e transmissão na íntegra pelo SporTV.


Time de melhor ataque com 27,42% de eficiência, melhor defesa (45,04%) e recepção (53,18%) do campeonato, o Finasa acerta todos os detalhes para a partida que reúne sete campeãs dos Jogos Olímpicos de Pequim. Carol, Paula, Sassá e Thaísa jogam pelo atual campeão paulista, enquanto Fofão, Mari e Sheilla pela equipe do ABC.


Acostumada com ginásios de grandes proporções e uma das que mais sentem influências do ambiente, a levantadora Carol Albuquerque está otimista. “No início, estranhamos naturalmente o local e precisamos achar algumas referências para levantar a bola”, disse a gaúcha, referindo-se a pontos específicos como, por exemplo, o teto e as luzes do José Corrêa. “Já no Liberatti, jogamos de olhos fechados. Mas, apesar da mudança de quadra, temos nos ambientado bem e haverá mais atenção também com os saques.”


Para a meio-de-rede Adenízia, segundo melhor bloqueio do torneio, com 74 pontos e 27,31% de eficiência, o ginásio também não deve interferir no rendimento do elenco. “Até o momento do confronto, estaremos acostumadas com os espaços sem que o ritmo de jogo seja prejudicado. A dificuldade maior será o adversário da partida, que virá com tudo para forçar o terceiro confronto”, comentou a mineira, de 22 anos e 1,86m.


As atletas que têm como função recepcionar as jogadas adversárias são outras que serão exigidas diante da mudança de quadra. A ponteira Sassá, porém, mostra tranquilidade. “Após os treinos realizados, sinto que já estamos ambientadas no local. Além disso, esse ginásio é a segunda casa do Finasa e o conhecemos bem de outras partidas”, comentou a atleta, de 26 anos, segunda melhor recepção (56,62%) do torneio. “Temos condições de fazer um grande jogo aqui.”


No primeiro jogo da série, disputado no Ginásio Professor José Liberatti, em Osasco, o Finasa ganhou do São Caetano/Blausiegel por 3 sets a 1. Agora, a equipe precisa vencer outra vez para fechar a fase por 2 a 0 e garantir vaga na oitava final consecutiva do torneio nacional mais importante do país.


Jogos das semifinais do Finasa


04/04 – Finasa 3 x 1 São Caetano/Blausiegel – Osasco


12/04 – São Caetano/Blausiegel x Finasa – 9h45 – Barueri – Globo/SporTV


14/04 – Finasa x São Caetano/Blausiegel – 21 horas – Osasco (se necessário)

Veja também:

Rua Dr. Rafael de Barros, 596
CEP: 04003-043 - São Paulo, SP
(11) 3053-9560