Federação Paulista de Volleyball

FPV

FINASA ACERTA DETALHES PARA DISPUTA DOS JOGOS ABERTOS

10 out 2005

Osasco (SP) – Mesmo sem jogos, esta semana será de muito trabalho para a equipe do Finasa, que se prepara para a disputa dos Jogos Abertos do Interior, em Botucatu. A estréia do time será no domingo e até lá o trabalho estará voltado para os acertos necessários no grupo.

“A ênfase será nas correções que o time precisa. É um período de lapidação, depois de um rali intenso de jogos”, afirma o assistente técnico Marco Antonio Di Bonifácio, o Boni. “Vamos seguir o protocolo de treinos táticos e coletivos, pensando nos Jogos Abertos. A competição terá o mesmo ritmo do Campeonato Paulista, já que os adversários serão praticamente os mesmos.”

O Finasa fez suas últimas partidas pelo Paulista nos dias 1º, 5 e 8 deste mês, mantendo a invencibilidade no campeonato. Agora, reencontrará a maioria dos rivais do Estadual em Botucatu: Brasil Telecom/São Bernardo, ASBS Suzano, Recreativa/SME/Ribeirão Preto e Santos FC Os duelos serão diários e os dois primeiros colocados fazem a final. “Será um Paulista acelerado”, compara o técnico Paulo Coco.

Antes de encarar a maratona, as jogadoras da equipe de Osasco tiveram dois dias livres. As atividades serão retomadas nesta terça, em dois períodos. “As folgas são importantes para a recuperação física. E, nos treinos, procuramos aumentar a intensidade mas reduzir a carga horária para não sobrecarregar”, explica Boni.

O grupo conta atualmente com as integrantes da seleção brasileira Valeskinha, Carol Gattaz e Carol Albuquerque. “Esse contato com as meninas da seleção é sempre muito importante para todo o grupo, mesmo que apenas por poucos dias. Ajuda na familiarização e integração da equipe, que elas devem reforçar em momentos decisivos do Paulista, além do nacional”, analisa o assistente técnico.

Os desfalques são Paula Pequeno, que se recupera de lesão, e Mari, que volta de cirurgia, assim como Bia. “Estas semanas também serão importantes para a gente ganhar tempo na recuperação dessas jogadoras. Outro ponto positivo é poder dar ritmo às atletas da seleção que não estão jogando”, conclui Paulo Coco.

Fonte: ZDL

Veja também:

Rua Dr. Rafael de Barros, 596
CEP: 04003-043 - São Paulo, SP
(11) 3053-9560