Federação Paulista de Volleyball

FPV

Fabiana, do Pinheiros, reencontra amigos da Brasil Telecom

23 jan 2009

Brasil Telecom


 


Fonte: CBV


 


Rio de Janeiro – Na última temporada, a Brasil Telecom (SC) transferiu-se para a cidade de Brusque (SC) e teve como um dos pontos de equilíbrio da equipe a levantadora Fabiana Berto. A equipe catarinense surpreendeu e chegou às semifinais da Superliga de vôlei. Um ano se passou e Fabiana Berto voltará a encontrar a Brasil Telecom, mas do outro lado da quadra. Na Superliga feminina 08/09, a jogadora é peça-chave do Pinheiros/Mackenzie (SP) na competição. As equipes estarão frente à frente neste sábado (24.01), no ginásio Henrique Villaboin, em São Paulo (SP), a partir das 16h.


 


Um dia após completar 34 anos, Fabiana Berto defenderá a equipe na qual fez toda a sua formação no voleibol. No entanto, terá pela frente um adversário repleto de amigos.


 


“Será uma partida bastante interessante. Tenho um carinho muito grande por todo a estrutura da Brasil Telecom, equipe que me acolheu muito bem durante toda a temporada passada. Mas tenho uma relação fantástica com o Pinheiros. Foi o clube no qual fiz todos os meus anos de formação no voleibol. Entrei aqui com 15 anos e fiquei durante sete ano. Depois joguei em outros times e retornei ao clube duas vezes. Esta é a terceira vez que defendo as cores do Pinheiros e estou feliz”, conta Fabiana Berto, de 1,78m.



Na temporada passada, Fabiana chegou a Brusque vinda do Finasa/Osasco (SP) – time pelo qual foi vice-campeã da Superliga na temporada 06/07. Era o primeiro ano da equipe na cidade, e Fabiana Berto conta como foi a experiência. “Morei durante um ano na cidade. Assim que chegamos, as pessoas não entendiam muito bem como funcionava. Estranhavam a equipe ter tantas jogadoras de fora que não eram de Brusque. Mas, aos poucos, eles acolheram muito bem a todos e nos incentivaram muito até as semifinais. Foi bem legal”, relembra Fabiana, para depois acrescentar:


 


“Jogar num clube de uma cidade pequena é bem diferente. Lá, muitos me paravam na rua e ficavam conversando comigo sobre a competição. Agora, defender o Pinheiros/Mackenzie, que fica em São Paulo, é bem diferente. Não temos esta relação tão estreita com a torcida, mas no clube conheço todo mundo”, conta Fabiana que começou a jogar voleibol no Paineiras, clube do bairro do Morumbi, em São Paulo.


 


A Brasil Telecom ainda não perdeu neste terceiro turno e está na segunda posição do grupo A, atrás apenas do Rexona-Ades (RJ) que também está invicto, mas leva vantagem no ponto average. O Pinheiros/Mackenzie está na segunda colocação do grupo B, com uma derrota, atrás do Finasa/Osasco (SP), invicto neste turno.


 


Na classificação geral, a Brasil Telecom ocupa a terceira colocação, com 25 pontos, atrás do Rexona-Ades e do Finasa/Osasco. O time catarinense soma 11 vitórias e três derrotas. Enquanto o Pinheiros/Mackenzie está na quinta colocação, com 24 pontos – 10 triunfos e quatro resultados negativos.


 


Brasil Telecom e Pinheiros/Mackenzie estiveram frente a frente nesta Superliga a quarta rodada do segundo turno. Numa partida equilibrada, o Pinheiros/Mackenzie ganhou no tie-break, na Arena Multiuso, em Brusque. Naquele confronto, a meio-de-rede Lígia, do time paulista, foi eleita a melhor da partida e recebeu o Troféu VivaVôlei.


 


Sobre o adversário, Fabiana Berto destaca o treinador: Maurício Thomas, o mesmo que a dirigiu na última temporada. “Na última Superliga foi a primeira vez que trabalhei com o Maurício, e ele me surpreendeu. Ele é um excelente treinador”, elogia Fabiana. “Ela é uma jogadora-chave na composição da equipe do Pinheiros/Mackenzie. Ela dá equilíbrio para a equipe. Na última temporada, aprendemos muito trabalhando juntos”, destaca Maurício Thomas, técnico da Brasil Telecom.


 


Sobre a partida, Maurício e Fabiana têm discursos semelhantes e esperam uma partida equilibrada.


 


“Tanto a Brasil Telecom quanto o Pinheiros/Mackenzie tem um grupo similar. As duas equipes não têm destaques individuais. O conjunto prevalece nos times. Somos adversários diretos, junto com o São Caetano/Blausiegel, na disputa pela terceira colocação na classificação geral”, prevê Fabiana.


 


“A partida não será fácil. Os times se equivalem. No primeiro jogo, tivemos dificuldades para conseguirmos a vitória no tie-break. Desta vez não será diferente. O Pinheiros/Mackenzie conta com um ataque forte, com destaque para a Fernanda Garay, a Tandara e a Thaís. E a Fabiana Berto é inteligente e dá confiança para a equipe”, destaca Maurício Thomas.


 


OUTROS JOGOS


 


Outros três jogos movimentarão a disputa da quarta rodada do terceiro turno da Superliga feminina neste sábado. Às 17h, no ginásio do Praia Clube, o Praia Clube/Futel (MG) receberá o Vôlei Futuro (SP), em Uberlândia. No mesmo horário, no ginásio do Esporte Clube Banespa, a Medley/Banespa (SP) terá pela frente a Cativa/Pomerode (SC). No Recife, Sport/Maurício de Nassau (PE) e Mackenzie/Cia. do Terno (MG) encerrarão os jogos do dia, no ginásio Marcelino Lopes, às 18h de Brasília (17h local).


 


Equipes:


 


PINHEIROS/MACKENZIE – Fabiana Berto, Tandara, Fernanda Garay, Thaís, Daniele e Lígia. Líbero – Arlene. Técnico – Paulo Cocco


 


BRASIL TELECOM – Camila Adão, Elisangela, Joyce, Juliana Costa, Nathália e Juciely. Líbero – Marcelinha. Técnico – Maurício Thomas


 

Veja também:

Rua Dr. Rafael de Barros, 596
CEP: 04003-043 - São Paulo, SP
(11) 3053-9560