Federação Paulista de Volleyball

FPV

EM CARTAZ, AS QUARTAS-DE-FINAL DO MASCULINO

08 mar 2005

Rio de Janeiro – A Superliga masculina de vôlei 04/05 está de volta. As quartas-de-final do voleibol brasileiro de ouro, em séries melhor de três, entram em cartaz nesta quarta-feira (09.03). Todos os jogos serão disputados às 20h30: Unisul/Cimed (SC) x Banespa/Mastercard (SP), no ginásio Carlos Campos, em Florianópolis (SC), com transmissão do canal Sportv; Wizard/Suzano (SP) x Ulbra (RS), no ginásio Paulo Portela, em Suzano (SP); Telemig Celular/Minas (MG) x Clube Náutico Araraquara (SP), no ginásio Divino Braga, em Betim (MG); e On Line/Herval (RS) x Bento/Union Pack (RS), no ginásio da Ginástica, em Novo Hamburgo (RS).

A EXPECTATIVA DOS TÉCNICOS

WIZARD/SUZANO X ULBRA

1a fase classificatória: Ulbra 2 x 3 Wizard/Suzano
2a fase classificatória: Wizard/Suzano 3 x 0 Ulbra

Ricardo Navajas, técnico do Wizard/Suzano – “Todas as equipes que têm como objetivo ganhar a Superliga sabem que o campeonato começa a valer mesmo nos playoffs. É a Superliga mais equilibrada da história, sem dúvida. Do primeiro ao sétimo colocado, todos são iguais. O adversário mais tranqüilo seria o oitavo lugar. O Clube Náutico Araraquara está um nível abaixo dos demais. Poderia até estar entre os quatro se tivesse vencido os cinco tie-breaks que perdeu. Para essas quartas-de-final, estamos estudando bem a Ulbra, que muda de esquema a todo instante. A variação de jogo deles é grande, principalmente com os ponteiros e os opostos. Não há qualquer previsão para esse confronto. O voleibol hoje depende muito de como o time se portará no dia da partida. Estamos trabalhando a volta do Dentinho, que só disputou alguns jogos no início da Superliga, já que teve um estiramento no quadríceps”.

Roberto Tietz, técnico da Ulbra – “O Wizard/Suzano é o favorito nesse confronto porque nos venceu nas duas vezes nesta Superliga. Eles têm a fórmula para nos derrotar. O que nos resta é mudar esta situação. Estamos treinando muito e armando uma estratégia para superar isso. E pela primeira vez no ano temos a chance de contar com o grupo todo, e isso pode ser determinante. Suguinha (fratura no dedo), Lilico (lesão no joelho), Sidão (contratura na coxa) e Evandro (lesão no joelho) já estão treinando. Mesmo que parcialmente, cada um poderá dar sua parcela de colaboração, o que já é uma perspectiva positiva. O Wizard/Suzano tem o melhor plantel da temporada, individualmente falando, além de um técnico extremamente experiente, acostumado a decisões. É um time que teve a estrutura pouco mexida durante a Superliga e tem um conjunto mais ajustado que o nosso”.

EQUIPES


WIZARD/SUZANO – Rafa, André Nascimento, Murilo, Raphael, Thiago e Rodrigão. Líbero: Paulinho. Técnico: Ricardo Navajas.

ULBRA – Royal, Xanxa, Kid, Suguinha, Sidão e Nei. Líbero: Índio. Técnico: Roberto Tietz.

UNISUL/CIMED X BANESPA/MASTERCARD

1a fase classificatória: Banespa/Mastercard 3 x 0 Unisul/Cimed
2a fase classificatória: Unisul/Cimed 3 x 2 Banespa/Mastercard

Carlos Weber, técnico da Unisul/Cimed – “Nós e o Banespa/Mastercard já nos encontramos nas quartas-de-final mais por culpa nossa do que deles. Fizemos um campeonato irregular e a sorte foi ter encontrado o equilíbrio nas quatro últimas rodadas. Cada um venceu o outro uma vez nesta Superliga e esperamos jogar até melhor do que no dia em que ganhamos deles, há uns 15 dias. Temos ainda um pouco a crescer, mostrando um jogo com mais qualidade. Serão partidas duras porque eles têm a vantagem de jogar duas vezes em casa. O Banespa/Mastercard tem um volume de jogo enorme, com uma boa linha de passe. Será um desafio interessante, porque temos um saque forte e eles, um ataque que me preocupa, com Nalbert, Filipe e Rivaldo. Mas estou tranqüilo porque meu time está numa fase boa. Esperamos esse confronto com ansiedade”.

Mauro Grasso, técnico do Banespa/Mastercard – “É um confronto que não deveria acontecer nas quartas-de-final. A Unisul/Cimed ficou aquém do que pode no campeonato e, agora, vai jogar as suas cartas. Uma das duas potências do voleibol ficará pelo caminho. E nós temos que fazer valer o que fizemos até aqui, com a regularidade que conseguimos impor. Sabemos que será difícil, porque eles têm, principalmente, saque e recepção apurados, com destaque para Zanuto, Marcelinho e Giovane. Estudamos várias fitas de vídeo de jogos marcantes da Unisul/Cimed. Estamos nos preparando de todas as formas, porque esta é a fase do detalhe. Crescer agora individualmente, taticamente e tecnicamente é difícil”.

EQUIPES


UNISUL/CIMED – Marcelinho, João Paulo, Giovane, Zanuto, Braz e Juliano. Líbero: Marquinhos. Técnico: Carlos Weber.

BANESPA/MASTERCARD – Vinhedo, Rivaldo, Nalbert, Filipe, Alberto e Michael. Líbero: Polaco. Técnico: Mauro Grasso.

TELEMIG CELULAR/MINAS X CLUBE NÁUTICO ARARAQUARA

1a fase classificatória: Clube Náutico Araraquara 1 x 3 Telemig Celular/Minas
2a fase classificatória: Telemig Celular/Minas 3 x 1 Clube Náutico Araraquara

Marcos Miranda, técnico do Telemig Celular/Minas – “Fizemos 20 jogos na Superliga e a melhor campanha, mas esta partida contra o Clube Náutico Araraquara passa a ser a mais importante de todas. O time deles foi o que mais disputou tie-breaks no campeonato (foram 10, com cinco vitórias e cinco derrotas) e poderia até ter se classificado numa posição melhor. Eles perderam alguns no detalhe, mas isso faz deles um forte adversário. A fase classificatória deu rodagem a eles, que jogam sem responsabilidade agora. Zerou tudo. É um outro campeonato, e o único benefício que a gente tem é o fato de fazermos um jogo a mais em casa, se necessário. Como aparecemos nas estatísticas como a equipe de melhor ataque (38,60% de eficiência), acredito que eles virão arriscando tudo no saque”.

Romeu Beltramelli, técnico do Clube Náutico Araraquara – “Fizemos dois bons jogos contra o Telemig Celular/Minas na fase de classificação. Apesar de termos perdido as duas por 3 sets a 1, as parciais foram altas. Espero minimizar as falhas que o time apresentou. Perdemos muito nos contra-ataques. Nos demais fundamentos, tivemos equilíbrio. Esta Superliga está sendo a mais equilibrada de todos os tempos. Até as equipes que não se classificaram foi por uma questão de momento e detalhe. Há um favorito no confronto? Não há dúvida. Existe uma diferença de estrutura e nível técnico? Também não tenho como negar. Mas não temos mais nada a perder, só a ganhar. Quem está dentro do esporte de alto rendimento, sabe que a vitória se torna algo efêmero. Nossa equipe está motivada. Respeitamos o Telemig Celular/Minas, como qualquer outro adversário, mas vamos entrar para vencer. Eles têm um elenco jovem, mas com nomes bem vividos, como Ezinho, Minuzzi e Jardel. Samuel e Rogério são os menos experientes do time titular. Para mim, não foi surpresa eles terem terminado em primeiro”.

* O técnico Romeu Beltramelli não poderá comandar a equipe, já que está suspenso por 40 dias, por infringir o artigo 187-II do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJDD). A pena deverá ser cumprida no período de 02/03/2005 a 09/04/2005, inclusive, em cumprimento à sentença proferida pela Comissão Disciplinar do Tribunal de Justiça Desportiva (TJD), na sessão do dia 1º de março.

EQUIPES


TELEMIG CELULAR/MINAS – Marlon, Samuel, Ezinho, Roberto Minuzzi, Jardel e Rogério. Líbero: Serginho. Técnico: Marcos Miranda.

CLUBE NÁUTICO ARARAQUARA – Sandro, Marcílio, Júnior, Robinson, Flávio e Léo. Líbero: Aimar. Assistente técnico: Cláudio de Oliveira Bueno.

ON LINE/HERVAL X BENTO/UNION PACK

1a fase classificatória: Bento/Union Pack 1 x 3 On Line/Herval
2a fase classificatória: On Line/Herval 3 x 1 Bento/Union Pack

Jorge Schmidt, técnico da On Line/Herval – “A classificação final na primeira fase significa muito, mas não pode ser usada como artifício. É um clássico, as duas equipes se conhecem, trabalhei em Bento durante dois anos (02/03 e 03/04) e sei como eles fazem o voleibol. É muito amor. Aprendi muito lá. Eles têm um time coeso e um treinador equilibrado. Jogam um voleibol moderno, agressivo, que mescla jogadores, atacam de todas as posições e têm um bloqueio pesado. Mas sempre tivemos os pés no chão. Temos a consciência de que, se não enfrentarmos o Bento/Union Pack de igual para igual, vai ficar complicado. Só tenho uma dúvida para esse primeiro jogo: o Talmo, que se recupera de um estiramento no glúteo direito. Se ele não puder jogar, entra o Jotinha”.

Carlos Alberto Castanheira, técnico do Bento/Union Pack – “A história das duas equipes nesta temporada está marcada pelo empate. Após o Gaúcho, nos enfrentamos pela Mercosul. E vencemos tanto na fase classificatória como na final. Pela Superliga, perdemos dois jogos para eles. E duas partidas que poderíamos ter vencido por 3 sets a 1. As equipes se conhecem bastante e têm chances de brigar de igual para igual com quem vier nas semifinais e representar bem o Rio Grande do Sul. Estamos treinando forte todos os fundamentos, mas priorizando o sistema defensivo. A equipe da On Line/Herval tem um poderio de bloqueio e um contra-ataque com bolas de velocidade muito bons, com Douglas, Riad e Patel”.

EQUIPES


ON LINE/HERVAL – Talmo (Jotinha), Tuba, Digão, Bozko, Riad e Patel. Líbero: Jeffe. Técnico: Jorge Schmidt.

BENTO/UNION PACK – William Arjona, Bergamo, Renato, Alex, Schwanke e Acácio. Líbero: Tiago. Técnico: Carlos Alberto Castanheira, o Cebola.

Fonte: CBV

Veja também:

Rua Dr. Rafael de Barros, 596
CEP: 04003-043 - São Paulo, SP
(11) 3053-9560