Federação Paulista de Volleyball

FPV

Eficiente no bloqueio, Brasil derrota a Coréia do Sul

08 jun 2007

São Paulo – A Seleção Brasileira adulta masculina de vôlei manteve a invencibilidade na Liga Mundial 2007. A quinta vitória consecutiva foi, nesta sexta-feira (08.06), sobre a Coréia do Sul, por 3 sets a 0, parciais de 25/19, 25/16 e 25/15, em 1h07 de jogo. No duelo válido pela terceira rodada do grupo A, 10.789 pessoas lotaram o ginásio do Ibirapuera, em São Paulo, e vibraram muito com a equipe dirigida pelo técnico Bernardinho. Neste sábado (09.06), as seleções voltam a se enfrentar nos mesmos horário e local, com transmissão ao vivo da TV Globo.

O bloqueio foi o principal destaque da equipe brasileira: foram 19 pontos neste fundamento, contra apenas cinco dos sul-coreanos. E o jogador mais eficiente na partida foi o meio-de-rede brasileiro Gustavo. Ele terminou a partida com 11 pontos, sendo nove de bloqueio. O oposto Anderson e o ponteiro Murilo anotaram 10, cada. Quem mais marcou pela Coréia do Sul foi o ponteiro Lee, capitão da equipe (9). O técnico Bernardinho iniciou a partida com o levantador Bruno, o oposto Anderson, os ponteiros Murilo e Roberto Minuzzi, os meios-de-rede Gustavo e Rodrigão e o líbero Alan.

Após o jogo, o técnico Bernardinho avaliou o desempenho de ambas equipes. “Senti o time coreano um pouco inferior ao que tinha visto na Coréia do Sul. Eles estiveram menos ágeis e com menos vigor físico. E isso é fundamental para que eles possam enfrentar o Brasil em boas condições. A formação que colocamos em quadra é uma formação típica de bloqueio, com dois centrais muito fortes neste fundamento, o Gustavo e o Rodrigão, além de dois ponteiros muito bons, o Murilo e o Minuzzi, e do Anderson, que também tem o bloqueio como uma das suas principais características”, diz Bernardinho.

JOGO – O primeiro set foi o mais equilibrado. A Coréia do Sul esteve bem na defesa, característica da escola asiática, e abriu dois pontos no início do jogo (5/3). Com a rápida distribuição de bolas do levantador Bruno para os atacantes, principalmente para o oposto Anderson, o Brasil virou o placar (10/9). A partir daí, os bloqueios de Gustavo e Rodrigão passaram a causar dificuldades aos coreanos. Após fazer 16/15 no segundo tempo técnico, o Brasil contou com a boa passagem de Anderson no saque (19/15). E como durante todo o set, o último ponto não poderia ter sido diferente: bloqueio de Bruno 25/19.

O Brasil liderou o placar do segundo set do início ao fim. Até o 10º ponto, a vantagem era de três. Com ótimo aproveitamento no bloqueio, no segundo tempo técnico, ela já havia sido ampliada para seis (16/10). Num ataque de Samuel, a seleção ficou perto da vitória na parcial: 22/14. E foi em uma cortada de Anderson que o Brasil fechou: 25/16.

No terceiro set, o Brasil deu um show, assim como Gustavo, com uma verdadeira aula de bloqueio. Em um ace de Bruno, 8/4. O bloqueio brasileiro continuou a impor o ritmo diante dos sul-coreanos: 10/04. Na segunda parada técnica, a seleção brasileira já tinha o dobro de pontos do adversário. Quando o placar marcava 21/11, o ponteiro Murilo – irmão de Gustavo – tornou a dobrar a diferença após um ace: 22/11. E o último ponto do confronto foi um prêmio para Gustavo. Ele bloqueou o ataque adversário e pôs a bola no chão: 25/15.

Central e capitão brasileiro, Rodrigão também elogiou a muralha verde-amarela. “Esse fundamento funcionou muito bem na partida de hoje. Por isso, conseguimos a vitória de uma forma mais fácil do que nas partidas lá na Coréia (do Sul). Nosso grupo está treinando muito este fundamento. Prova disso é que hoje este trabalho deu resultado”.

O Brasil está no grupo A da Liga Mundial, ao lado de Coréia do Sul, Canadá e Finlândia. Pela quarta rodada, o adversário será o Canadá, nos dias 15 e 16 de junho, às 10h, no ginásio do Mineirinho, em Belo Horizonte. As finais da competição serão realizadas entre 11 e 15 de julho, em Katowice, na Polônia.

EQUIPES

BRASIL – Bruno, Anderson, Murilo, Roberto Minuzzi, Gustavo e Rodrigão. Líbero: Alan. Entraram: Samuel, Thiago Alves e Marcelinho.Técnico: Bernardinho.

CORÉIA DO SUL – Kwon, Lee, Yo-Han Kim, Park, Hyun-Yong Ha e Kyoung-Min Ha. Líbero: Yeo. Entraram: Moon, Hak-Min Kim, Song e Yung-Suk Shin. Técnico: Jung –Tak Yoo.

Fonte: CBV

Veja também:

Rua Dr. Rafael de Barros, 596
CEP: 04003-043 - São Paulo, SP
(11) 3053-9560