Federação Paulista de Volleyball

FPV

CBV divulga regulamento da 15ª edição

16 out 2008

Fonte: CBV


 


Rio de Janeiro – Reta final na preparação para o início da Superliga de vôlei 08/09. Nesta quarta-feira (15.10), a Unidade de Competições Nacionais (UCN) da Confederação Brasileira de Voleibol (CBV) divulgou o regulamento da principal competição entre clubes do país. O campeonato começa no próximo dia 29 e terá o mesmo sistema de disputa da temporada passada. A SporTV continuará transmitindo a competição e a TV Globo mostrará as partidas que definirão os campeões.


 


A fase classificatória será dividida em quatro turnos, com uma final para cada turno, e as oito equipes mais bem classificadas avançam para as quartas-de-final. As semifinais serão disputadas em play-off melhor de três partidas e a decisão em único jogo.



Na Superliga masculina, as equipes estão divididas em dois grupos. No A, participam: Cimed/Brasil Telecom (SC), Tigre/Unisul/Joinville (SC), Sada Vôlei Betim (MG), Fátima/Medquímica/UCS (RS), Bento Vôlei (RS) e Lupo/Náutico (SP). Outras seis equipes formam o grupo B: Vivo/Minas (MG), Ulbra Suzano Massageol (SP), Santander (SP), Vôlei Futuro (SP), GAC Logistics/Santo André (SP) e Álvares/Vitória (ES).


 


Na disputa da Superliga feminina, os times também estão divididos em dois grupos. No A, estão: Rexona-Ades (RJ), Brasil Telecom (SC), S. Caetano/Blausiegel (SP), Vôlei Futuro (SP), Mackenzie/Cia. do Terno (MG) e Cativa/Pomerode/ADP (SC). A chave B é formada pelas seguintes equipes: Finasa/Osasco (SP), Pinheiros/Mackenzie (SP), Minas Tênis Clube (MG), Medley/Banespa (SP), Sport/Maurício de Nassau (PE) e Praia Clube/Futel (MG).


 


O Rexona-Ades (RJ) é o atual campeão da Superliga feminina e a equipe com maior número de conquistas na história da competição, cinco no total (97/98, 99/00, 05/06, 06/07 e 07/08). No masculino, a Cimed (SC) ganhou o título na última temporada, o segundo (05/06 e 07/08) em três participações. Na história, o Minas Tênis Clube (MG), que joga está temporada com o nome de Vivo/Minas, é a equipe com mais vitórias: quatro (99/00, 00/01, 01/02 e 06/07).


 


Confira o sistema de disputa:


 


Ao todo, 24 times jogarão a competição – 12 masculinos e 12 femininos. A fase classificatória será composta por quatro turnos. As equipes formarão dois grupos (A e B), que foram definidos de acordo com o índice técnico obtido na Superliga passada.


 


No primeiro turno, as equipes jogarão – todas contra todas – com os times do seu próprio grupo. Os vencedores de cada grupo decidirão, em partida única, o campeão do turno. O jogo será realizado na casa da equipe com o melhor índice técnico. No segundo turno, os times jogarão contra as equipes do outro grupo.


 


Na terceira disputa, as equipes voltam a jogar com os times do outro grupo, mas o mando dos jogos será invertido com relação ao segundo turno. No quarto turno, as equipes voltam a enfrentar os times do seu próprio grupo, mas com o mando de quadra invertido com relação ao primeiro turno. Todos os turnos serão realizados com a mesma divisão de grupos.


 


A segunda fase será as quartas-de-final. As oito equipes mais bem colocadas na fase classificatória, de acordo com o índice técnico na classificação geral, jogarão a nova etapa. Os cruzamentos das quartas-de-final seguirão a seguinte ordem: 1º x 8º, 2º x 7º, 3º x 6º e 4º x 5º, no sistema de play-off melhor de três partidas.


 


As semifinais serão disputadas em melhor de três partidas, com o seguinte cruzamento: vencedores dos jogos 1º x 8º versus vencedor do jogo 4º x 5º e vencedores dos jogos 2º e 7º versus 3º x 6º.


 


A final será disputada pelas duas equipes vencedoras da fase semifinal, em um único jogo. Independente dos times que chegarem à decisão, a partida final, tanto do masculino quanto do feminino, será realizada em um único local: o ginásio do Maracanãzinho, no Rio de Janeiro. Caso haja algum imprevisto técnico, a CBV definirá o local da partida em comum acordo com os clubes.


 


A Superliga feminina e masculina terá um jogo para definir a medalha de bronze, com os perdedores das semifinais. O jogo poderá ser realizado na sede do melhor colocado na fase classificatória ou na sede dos jogos finais. No entanto, esta partida deverá ser realizada, obrigatoriamente, antes dos jogos decisivos.


 


O canal Sportv continuará transmitindo a competição. A TV Globo transmitirá as finais.


 


O regulamento completo da competição está disponível no site da CBV (www.cbv.com.br).


 

Veja também:

Rua Dr. Rafael de Barros, 596
CEP: 04003-043 - São Paulo, SP
(11) 3053-9560