Federação Paulista de Volleyball

FPV

Brasil Vôlei/São Bernardo enfrenta Montes Claros

24 fev 2010

 


 


Fonte: Photo&Grafia Comunicação


 


Partida será amanhã, às 20h, em São Bernardo


 


Santo André (SP) – O Brasil Vôlei / São Bernardo enfrentará o Montes Claros / Funadem amanhã, às 20h, no Ginásio Adib Moysés Dib (Poliesportivo), em São Bernardo, de olho em uma vitória. Segundo o técnico Rubinho, conseguir um resultado positivo sobre uma das surpresas da Superliga de Vôlei Masculino será importante, mas, com certeza, não será fácil.


 


“Para conseguirmos vencer, temos que cuidar das questões básicas, como não favorecer o adversário com erros diretos, pois todo detalhe é importante em um jogo equilibrado como esse deverá ser. O time deles está muito bem no campeonato” – afirmou Rubinho, sobre a equipe que foi formada nesta temporada e faz sua primeira participação em Superliga.


 


Contando com o segundo maior pontuador da competição, o time mineiro tem em Fabrício Dias, o Lorena, um dos seus principais destaques. Mas Rubinho garante que a atenção deve ser voltada para toda a equipe. “Sem dúvida, o Lorena chama atenção por vir pontuando muito bem, mas eles têm um time que joga muito no conjunto”, analisou o treinador do Brasil Vôlei.


 


Rubinho ainda não definiu a equipe que começará a partida contra Montes Claros e garante que a dúvida é bem vinda. “Temos mexido mais na formação do time e isso ajuda a mudar algumas situações de jogo. É muito bom poder contar com esse conjunto, conseguir trocar os jogadores e manter o padrão”, confirmou o técnico.


 


Porém, garantido entre os titulares, está o meio-de-rede Michael, que acredita que seu time está preparado para o difícil confronto. “Treinamos bem nesses últimos dias e isso é sempre um bom sinal. Amanhã faremos de tudo para conseguir a vitória” – garantiu o jogador de 26 anos e 2m02, que vem se destacando e ajudando bastante o seu time no bloqueio.


 


“Tenho me concentrado ainda mais nesse fundamento e fico feliz por ter evoluído. Venho conseguindo ter uma melhor leitura do jogo e, mesmo quando não consigo o ponto direto de bloqueio, procuro amortecer as bolas para conseguir a defesa e, consequentemente, o contra-ataque. Isso vem sendo cobrado pelo Rubinho e apresentamos um bom resultado nos últimos jogos” – concluiu Michael, descoberto e formado nas categorias de base do time que defende há 11 anos.

Veja também:

Rua Dr. Rafael de Barros, 596
CEP: 04003-043 - São Paulo, SP
(11) 3053-9560