Federação Paulista de Volleyball

FPV

Brasil vence o Uruguai por 3 a 0 em 50 minutos

17 out 2008

 


 


Fonte: CBV


 


Poços de Caldas – O ponteiro Ary e o meio-de-rede Victor, ambos com nove pontos, foram os maiores pontuadores da seleção brasileira na vitória sobre o Uruguai na noite desta quinta-feira (16.10), na segunda rodada do Campeonato Sul-Americano Infanto-Juvenil masculino de vôlei. O Brasil precisou de apenas 50 minutos para chegar à vitória por 3 sets a 0, com parciais de 25/12, 25/7 e 25/9, e garantir sua classificação para as semifinais da competição, que está sendo realizada na cidade mineira de Poços de Caldas.


 


Nesta sexta-feira (17.10), o Brasil decide com o Chile a primeira posição no grupo A, a partir das 18h30. O vencedor deste confronto enfrentará, na semifinal, o perdedor da partida entre Argentina e Venezuela, que também acontecerá amanhã (17.10), às 16h30. A rodada será iniciada às 9 horas, com Uruguai x Peru. Às 11 horas jogarão Paraguai e Colômbia.


 


Segundo o técnico da seleção brasileira, Percy Oncken, o campeonato começará a partir do jogo contra o Chile, adversário mais forte nesta primeira fase da competição.


 


“O Chile é uma equipe que requer muita atenção. Precisamos diminuir nosso número de erros e melhorar nosso sistema bloqueio e defesa. O saque é a arma do Brasil, e vem surtindo efeito. Estes dois primeiros jogos, contra o Peru e o Uruguai, foram importantes para vermos que este fundamento vem sendo exigido nos treinos, e está dando certo”, analisou Percy.


 


O JOGO – No primeiro set, dos 12 pontos do Uruguai, 11 foram obtidos em erros do Brasil – apenas um foi conquistado no saque de Lurner. Um ataque para fora dos uruguaios deu a vitória à seleção brasileira por 25 a 12, em 16 minutos. Ary foi o maior pontuador com cinco pontos de finalização.


 


Luan e Victor, ambos com nove pontos, foram os principais pontuadores da seleção brasileira no segundo set, que teve a duração de 17 minutos. Dos sete pontos obtidos pelo Uruguai, quatro foram em finalizações e três em erros brasileiros. Já o Brasil mostrou sua força no saque.


 


No terceiro set, Dionísio, com quatro pontos de saque, e Otávio foram os dois maiores pontuadores do Brasil – quatro cada. No bloqueio, a equipe brasileira conseguiu seis pontos, cinco no serviço, sete no ataque e sete em erros do Uruguai, principalmente, no ataque e na recepção.


 


O Brasil começou o jogo com Eykman, Otávio, Victor Hugo, Aldren, Luan e Ary. Líbero – Gentil. Entraram Bernardo, Marcelo, Dionísio, Lucarelli e Hamacher.


 


O Uruguai entrou em quadra com Mateo Manitto, Pablo Beloqui, Bruno Lurner, Igal Villa, Maximiliano Caggiano e Martin Molina. Líbero – Ignácio Moreno. Entrou Rodrigo Calleros, Bruno Pedreira, Gonzalo Grossi e Carlos de Leon.

Veja também:

Rua Dr. Rafael de Barros, 596
CEP: 04003-043 - São Paulo, SP
(11) 3053-9560