Federação Paulista de Volleyball

FPV

BRASIL TELECOM ENFRENTA PINHEIROS POR VAGA NA FINAL

18 nov 2005

São Bernardo do Campo (SP) – A equipe de vôlei feminino da Brasil Telecom tenta neste sábado, às 18 horas, chegar à final do Campeonato Paulista da Divisão Especial. Para isso, terá de superar o Pinheiros/Blue Life, em jogo marcado para o ginásio do Esporte Clube Pinheiros, em São Paulo, e que terá transmissão do canal Sportv. Este será o terceiro confronto entre os dois e quem ficar com a vaga brigará pelo título do torneio contra o invicto Finasa/Osasco (que eliminou em dois duelos o São Caetano/Mon Bijou). Dia 12, em São Bernardo, a Brasil Telecom venceu por 3 sets a 2, mas o Pinheiros deu o troco em casa, quatro dias depois – 3 a 1.

Para o treinador da Brasil Telecom, William Carvalho, a derrota da última quarta-feira foi sentida por suas comandadas, mesmo elas cientes de que jogaram abaixo de suas possibilidades. “Numa hora destas, o lado psicológico influi bastante, mais até que a parte técnica. Vamos trabalhar até o momento da partida para recompor o moral do grupo, assistir vídeos e avaliar nossos pontos fracos”, destacou o ex-levantador da Seleção Brasileira, medalha de prata nos Jogos Olímpicos de 1984, em Los Angeles. “O time do Pinheiros é forte, mas já mostramos que podemos vencê-lo, como no primeiro jogo no ABC”.

E William tem problemas de contusão no elenco, além da ausência da ponteira e meio-de-rede Fernanda Berti, servindo a Seleção Brasileira na Copa dos Campeões do Japão. A levantadora Fernandinha sentiu dores nas costas (após um “peixinho” que deu no jogo anterior) e depende de avaliação do departamento médico. “Para piorar, ainda não sei se vou poder contar com a levantadora reserva Flavinha, também com um problema de saúde”, disse. “O saque do Pinheiros é muit o bom. Por diversas vezes, elas quebraram nossa recepção no segundo jogo e administraram a vantagem”, lembrou William, que espera fazer o mesmo. “Se também sacarmos corretamente, derrubaremos a defesa do Pinheiros”.

O treinador recorda-se ainda que as duas semifinais tiveram, em boa parte do tempo, a mesma característica: o equilíbrio. “Estou com uma boa expectativa em relação ao jogo deste sábado. Acredito que podemos vencer e se jogarmos com garra, sacando e bloqueando como no primeiro jogo da semifinal, temos chance de atingir o nosso objetivo”, completou.

Fonte: Vipcomm

Veja também:

Rua Dr. Rafael de Barros, 596
CEP: 04003-043 - São Paulo, SP
(11) 3053-9560