Federação Paulista de Volleyball

FPV

Brasil Telecom e Finasa/Osasco decidem primeiro torneio

27 dez 2007

RIO DE JANEIRO – Brasil Telecom (SC) e Finasa/Osasco (SP) decidirão, neste domingo (30.12), às 9h45, na Arena Multiuso, em Brusque (SC), o título do primeiro torneio da fase classificatória da Superliga feminina de vôlei 07/08. A equipe de Osasco lidera o ranking de bloqueio (25.51% de aproveitamento), uma posição acima das catarinenses (24.12%). A partida será transmitida ao vivo pela TV Globo. A entrada é gratuita.

De acordo com as estatísticas individuais da competição, a meio-de-rede Edna, da Brasil Telecom, é a primeira colocada no bloqueio (36.59%). Natural de Blumenau (SC), a jogadora, de 24 anos e 1,87m, fala com alegria sobre os números.

“Fiquei surpresa, pois é a primeira vez que lidero as estatísticas. E, ao mesmo tempo, feliz. Afinal, é gratificante ver o resultado após muito treinamento. Além disso, existem outras jogadoras excelentes. É uma disputa sadia”, diz Edna, que começou a se destacar no voleibol ao ser campeã brasileira infanto-juvenil da Divisão Especial, em 99, pela seleção catarinense.

Um dos destaques do Finasa/Osasco no bloqueio é a meio-de-rede Adenizia, vice-líder do ranking neste fundamento (34.78%). A jovem central, de 21 anos e 1,86m, já havia se destacado nas finais da Superliga 06/07, contra o Rexona-Ades (RJ).

“Eu sempre tive vontade de bloquear, ser uma grande bloqueadora. O saque, um dos pontos fortes da nossa equipe, tem me ajudado. Além disso, temos uma base com Paula Pequeno, Natalia e Elisangela, que também são boas bloqueadoras”, afirma Adenizia, campeã sul-americana (2000) e mundial (2001) na categoria juvenil, além de ter conquistado a medalha de prata no Campeonato Mundial infanto-juvenil (1999).

Edna, por sua vez, tece elogios à adversária: “A Adenizia é uma excelente jogadora, que evolui a cada partida e nos dará muito trabalho. O bloqueio é uma das suas principais virtudes, até porque ela é alta e rápida. Fico feliz por enfrentar jogadoras deste nível”, explica a jogadora, vice-campeã da Superliga 04/05 pelo Rexona-Ades (RJ) e que defendeu, na última temporada, o Klub Senica, da Eslováquia.

Adenizia reconhece a força da Brasil Telecom e acredita em um duelo à parte entre ataque e bloqueio. “As centrais adversárias têm uma boa postura no bloqueio. Espero que, a partir do potencial e do alcance do nosso ataque, o Finasa/Osasco dê trabalho às rivais. Creio que será um duelo ‘ataque x bloqueio’, mas estou confiante”, completa.

Fonte: CBV

Veja também:

Rua Dr. Rafael de Barros, 596
CEP: 04003-043 - São Paulo, SP
(11) 3053-9560