Federação Paulista de Volleyball

FPV

Brasil supera Japão e assegura vaga nas semifinais

25 jul 2008

Rio de Janeiro – Pela segunda vez o Brasil venceu diante de sua torcida na Fase Final da Liga Mundial de vôlei 2008. Desta vez, o adversário foi o Japão, mas o placar foi igual ao do primeiro jogo: 3 sets a 0 (25/16, 25/23 e 25/15), em 1h15 de jogo, no ginásio do Maracanãzinho, Rio de Janeiro. O atacante japonês Sakai foi o maior pontuador da partida com 15 pontos. Pelo lado brasileiro, Murilo e André Nascimento foram os que mais marcaram, com nove acertos cada.

E se o resultado foi igual, a maneira de jogar foi diferente. Com intuito de dar ritmo à todos os seus jogadores, o técnico Bernardinho colocou na quadra todos os 12 atletas disponíveis para esta fase da competição. Resultado: uma boa atuação onde apenas o líbero Serginho não marcou ponto.

“Foi uma partida em que o Bernardinho conseguiu botar todos os jogadores em quadra para dar ritmo a todo o grupo. Buscamos sempre uma evolução a cada jogo, a cada ponto e temos que manter este pensamento. Na partida de hoje erramos um pouco mais do que esperávamos, mas vamos corrigir alguns detalhes no treino de hoje para o jogo amanhã”, diz Giba.

Tal afirmação do capitão brasileiro é reforçada pelo ponteiro Dante. O atacante brasileiro acredita que é bom dar ritmo a todos, já que não existem reservas.

“Não temos apenas uma equipe, aqui ninguém é titular. Precisamos de todo mundo e essa partida foi importantíssima para quem não vinha jogando com tanta freqüência. Os japoneses testaram nosso volume de jogo e nossa paciência. Isso foi muito bom, já que amanhã podemos precisar do Samuel, Bruno, Murilo…”, afirma Dante.

Para o técnico Bernardinho, a vitória não camuflou alguns pontos a serem corrigidos por ele.

“Erramos muito mais hoje do que na quarta-feira, na estréia. Talvez porque estivéssemos pensando um pouco nas semifinais. Aproveitei a partida para botar todos os jogadores para jogar e dar mais ritmo ao time”, analisa o treinador.

Para o levantador Marcelinho, além de dar oportunidade de todos estarem na quadra, a vitória contra o Japão serviu para acertar algumas arestas.

“Tivemos uma movimentação muito boa. Com isso, conseguimos ‘treinar’ todas as nossas jogadas. Agora, é só esperar a definição de nosso adversário nas semifinais”, diz Marcelinho, que deu lugar ao caçula da Seleção Brasileira, Bruninho.

“O Bruno entrou bem nesta partida. Ele é um tipo de jogador que saca, bloqueia e defende bem. O que ainda falta a ele é mais entrosamento com o time. Mas isso ele irá adquirir com o tempo, é o tipo da coisa que requer mais quilômetros rodados. Personalidade eu sei que ele tem, afinal tem enfrentado um série de pressões”, afirmou o técnico Bernardinho.

Amanhã (sábado, 26.07), o Brasil jogará às 10 horas, no ginásio do Maracanãzinho, na primeira das semifinais, diante dos Estados Unidos. No outro jogo, a Servia enfrentará a Rússia

EQUIPES

BRASIL – Marcelinho, André Nascimento, Giba, Dante, Rodrigão e Gustavo. Líbero – SerginhoEntraram: Bruno, Samuel, Murilo, Anderson e André Heller.Técnico – Bernardinho

JAPÃO – Iwata, Shimizu, Fukuzawa, Aizawa, Kitajima e Tomimatsu.Líbero – Sakai.Entraram: Shibata e Tanimura.Técnico – Hideo Hagiwara

Fonte: CBV

Veja também:

Rua Dr. Rafael de Barros, 596
CEP: 04003-043 - São Paulo, SP
(11) 3053-9560