Federação Paulista de Volleyball

FPV

Brasil estréia com derrota diante da Bulgária

11 jul 2007

KATOWICE (POL) – A Seleção Brasileira masculina de vôlei estreou com derrota nas finais da Liga Mundial 2007. Diante da Bulgária, os brasileiros perderam a invencibilidade na competição, por 3 sets a 2 (25/21, 20/25, 25/21, 23/25 e 12/15), em 1h59 de jogo, no ginásio Spodek, em Katowice, na Polônia.

Mesmo com o resultado, o ponteiro Giba, que marcou 15 pontos, foi eleito o melhor jogador da partida. O ponteiro búlgaro Kaziynski foi o maior pontuador com 20 acertos.
“Os dois times tentaram impor seu jogo a todo momento. Erramos mais que a Bulgária, que teve seus pontos fortes no saque e no bloqueio, e perdemos a partida”, diz o técnico Bernardinho.

No primeiro set, os brasileiros conseguiram realizar um jogo veloz. A Bulgária não ficou atrás e também mostrou suas armas, no saque e no bloqueio. O placar ficou equilibrado, com as equipes se alternando na ponta, até o segundo tempo técnico. A partir daí, em uma seqüência de pontos, o Brasil abriu vantagem: 20/16. A equipe verde-amarela manteve a liderança e fechou: 25/21, em um ataque de Giba.

Na segunda parcial, os Búlgaros sacaram melhor e mudaram o rumo da partida. As equipes equivaleram-se até a metade do set: 14/14. Neste momento, a força do jogo da Bulgária prevaleceu e o time europeu marcou quatro vezes seguidas: 18/14, abrindo vantagem. O Brasil não conseguiu se recuperar e os búlgaros fecharam: 25/20.

No terceiro set, a experiência brasileira voltou à quadra. Explorando o “paredão” búlgaro, os brasileiros conseguiram dominar a partida. Mesmo equilibrado, o placar ficou favorável ao Brasil durante toda a parcial. No fim, a equipe verde-amarela ainda abriu uma pequena vantagem e fechou: 25/21, em uma cortada de Giba.

A quarta parcial foi a mais equilibrada da partida. Com ambas equipes buscando muito a vitória, o jogo ganhou em emoção. Nesse momento, as 9.803 pessoas presentes ao ginásio torciam pela Bulgária, empolgando os adversários brasileiros, que conseguiram a vitória: 25/23.

O apoio da torcida polonesa continuou no tie-break. Empolgada, a Bulgária apresentou um belo voleibol e conseguiu superar o Brasil: 15/12.
Os brasileiros voltam à quadra na próxima sexta-feira (13.07) para enfrentar a Rússia, no mesmo horário e local. Com a derrota na primeira partida das finais, o Brasil precisa da vitória para tentar o heptacampeonato da Liga Mundial.

EQUIPES

BRASIL – Ricardinho, Anderson, Giba, Dante, Gustavo e Rodrigão. Libero: Sérgio (Escadinha). Entraram: Marcelinho, Samuel e André Nascimento.

BULGÁRIA – Nikolov, Konstantinov, Kaziynski, Tsvetanov, Gaydarski e Zhekov. Libero: Salparov. Entraram: Yordanov, Nikolov Nikolay e Ananiev.

ANÁLISE DA PARTIDA

RICARDINHO (levantador e capitão do Brasil) – “Tentamos impor nosso ritmo de jogo desde o início. Em alguns momentos da partida conseguimos, mas erramos bastante. O time búlgaro jogou bem, sacando e bloqueando muito forte, e se aproveitou disso”.

Fonte: CBV

Veja também:

Rua Dr. Rafael de Barros, 596
CEP: 04003-043 - São Paulo, SP
(11) 3053-9560