Federação Paulista de Volleyball

FPV

Banespa/São Bernardo supera On Libe a vai para a semi

19 mar 2006

São Bernardo do Campo (SP) – O Banespa/São Bernardo (SP) ficou duas vezes em desvantagem, mas reagiu e venceu a On Line (RS) por 3 sets a 2 (14/25, 25/16, 20/25, 25/23 e 15/12), em 2h08 de jogo, neste sábado (18.03). Com este resultado, a equipe paulista se classificou para as semifinais da Superliga masculina de vôlei 05/06, em que enfrentará a Cimed (SC).

As semifinais, que serão disputadas em melhor de cinco jogos, estão previstas para começar na próxima quinta-feira (23.03). A Cimed, como equipe de melhor campanha na fase classificatória, poderá escolher o local da primeira partida.

Na vitória do Banespa/São Bernardo, brilhou o oposto Leandrão, que recebeu o Troféu VivaVôlei de melhor jogador da partida e foi o maior pontuador, com 30 acertos. O time paulista havia perdido o primeiro jogo das quartas-de-final por 3 sets a 0, em São Leopoldo (RS), mas venceu em seguida em casa por 3 a 1, levando a disputa para o terceiro jogo.

O primeiro set começou equlibrado e permaneceu assim até 6/5 para a On Line. O ponta Suguinha foi para o saque e, arrasador, ajudou sua equipe a fazer 15/5. Daí em diante o time gaúcho manteve a vantagem, fechando em 25/14 com um ataque do meio-de-rede Douglas Cordeiro.

No segundo set, o saque que fez a diferença foi o do jovem ponta Willian Reffatti, vice-campeão mundial pela seleção brasileira infanto-juvenil em 2005. Com ele sacando, o Banespa/São Bernardo fez cinco pontos consecutivos e abriu 10/4. A vantagem aumentou para nove pontos (15/6) com dois pontos de bloqueio. Num ataque do meio-de-rede Alberto o time da casa fechou em 25/16.

Com boa atuação de seu bloqueio, a On Line tomou à frente novamente no terceiro set e fez 11/5. A diferença chegou a ser de dez pontos (19/9) e o time gaúcho acabou fechando em 25/20 num ataque do ponta Zago.

O quarto set foi o mais equilibrado até então. A On Line chegou a abrir três pontos (11/8), mas o Banespa/São Bernardo virou para 15/12 com direito a dois aces do oposto Leandrão. O time gaúcho ainda conseguiu salvar dois set points, porém num ataque do ponta Ricardo Serafim a equipe paulista fez 25/23 e levou a disputa para o tie-break.

No set de desempate, a atuação de Leandrão fez a diferença. O Banespa/São Bernardo abriu 10/8 e foi aumentando a diferença até fazer 15/12 num ataque de Piá.

EQUIPES

BANESPA/SÃO BERNARDO – Talmo, Leandrão, Willian Reffatti, Ricardo Serafim, Alberto e Michael. Líbero: Polaco.Entraram: Silêncio, Piá, Thiago Machado e Daniel. Técnico: Mauro Grasso

ON LINE – William Arjona, Tuba, Zago, Suguinha, Douglas Cordeiro e Cris. Líbero: Jeff.Entraram: Patel, Marcelo Schmidt e Ivan. Técnico: Jorge Schmidt

ANÁLISE DA PARTIDA

Mauro Grasso, técnico do Banespa/São Bernardo – “Foi uma partida equilibrada. As parciais distanciadas dos três primeiros sets foram causadas pelo forte saque das duas equipes. Os dois times mostraram também muita vontade de ganhar. Por serem jovens, meus jogadores têm lutado muito para conseguir aparecer e agüentar uma pressão grande. Hoje era tudo ou nada. A classificação foi um prêmio para os jogadores”.

Leandrão, oposto do Banespa/São Bernardo e vencedor do Troféu VivaVôlei- “Não é só um que ganha esse troféu, é toda a equipe. Todos me disseram: ‘vai para cima, mete coro que a gente ajuda’. A nossa equipe é jovem e entra com mais garra nas partidas”.

Fonte: CBV

Veja também:

Rua Dr. Rafael de Barros, 596
CEP: 04003-043 - São Paulo, SP
(11) 3053-9560