Federação Paulista de Volleyball

FPV

Banespa/São Bernardo quer vitória contra a Unisul/Nexxera

26 jan 2006

Santo André (SP) – Depois de derrotar a Cimed, líder da Superliga Masculina de Vôlei, na noite de ontem (24), por três sets a um, em Florianópolis, o Banespa/São Bernardo terá outra tarefa difícil: vencer, com intervalo de menos de 48 horas, a outra equipe catarinense na competição, a Unisul/Nexxera. A partida, válida pela segunda rodada do segundo turno, será nesta quinta-feira (26), às 20 horas, no Ginásio Forquilhão, em São José (SC). Uma nova vitória pode colocar o Banespa/São Bernardo na liderança, ao lado da Cimed.

Grasso não escondeu a satisfação após a vitória. “Foi um resultado excelente. Nosso time continua sendo uma incógnita. Por causa da juventude, o grupo mostra muitos altos e baixos. Contra o Bento não fizemos uma partida ruim, mas a alternância de bons e maus momentos fez com que perdêssemos. Ontem, a Cimed não teve o Douglas e o Dirceu, com isso o time deles ficou tão jovem quanto o nosso e o jogo ficou igual”, analisou. Contudo, o treinador quer acertar a instabilidade da equipe. “Precisamos baixar a ansiedade. Que o time não jogue 100%, mas que também não baixe aos 30%.”

Para o jogo contra a Unisul/Nexxera, Grasso espera a mesma dificuldade. “O nível técnico da Unisul é igual ao da Cimed. Particularmente, acho que a Unisul é até mais forte fisicamente. É um time bom. Não sei o que acontece para que eles venham perdendo tantos jogos (a equipe catarinense já perdeu cinco partidas).” Concentrando a análise no rendimento do próprio Banespa/São Bernardo, Grasso espera que a última vitória embale o time. “Sem dúvida o rendimento e o resultado contra a Cimed vão servir para aumentar a confiança da equipe”, afirma.

Na parida contra a Cimed, oposto Leandrão foi o maior pontuador do jogo desta terça-feira, ao lado de Bob, da Cimed, com 19 pontos. O Banespa / São Bernardo conseguiu seus pontos em 59 ataques, 8 bloqueios, 2 saques e 30 erros do adversário. Individualmente, Talmo foi responsável por 1 ponto; Alberto fez 4; Michael, 10; Piá, 13; Ricardo, 14; e Thiagão, 2. O meio de rede Silêncio – com 6 pontos no jogo – entrou no terceiro set e foi considerado o melhor em quadra, recebendo o Troféu VivaVôlei.

O Banespa/São Bernardo começa a partida com a formação base que venceu a Cimed: Talmo, Leandrão, Piá, Ricardo, Michael, Alberto e o líbero Polaco.

Fonte: Photo&Grafia Comunicação

Veja também:

Rua Dr. Rafael de Barros, 596
CEP: 04003-043 - São Paulo, SP
(11) 3053-9560