Federação Paulista de Volleyball

FPV

BANESPA/MASTERCARD RECOMEÇA A BRIGA PELA SEGUNDA POSIÇÃO

20 fev 2005

Santo André (SP) – Após o tropeço diante da Unisul / Cimed, o Banespa / MasterCard/São Bernardo voltou aos treinos no Ginásio Cidade de São Bernardo, nesta segunda-feira (21), às 16h00. Treinos físicos e técnicos estão programados para o início da preparação visando à partida contra a UCS / Colombo, na próxima quinta-feira (24), às 20h00, em São Bernardo do Campo (SP). O jogo é válido pela penúltima rodada da fase de classificação da Superliga Masculina de Vôlei. O Banespa/MasterCard/São Bernardo foi superado, na tarde deste sábado (19), em Florianópolis (SC), por três sets a dois (25 a 27, 26 a 24, 20 a 25, 25 a 18 e 14 a 16), em duas horas e 26 minutos.

O Banespa / MasterCard / São Bernardo ocupa a terceira colocação no campeonato, com 31 pontos, e uma partida a menos que o vice-líder On Line / Herval. Porém, uma vitória da equipe paulista nos dois jogos restantes já garante o segundo lugar. A UCS / Colombo está na nona colocação, a um ponto do oitavo lugar. Os oito primeiros colocados se classificam para as quartas-de-final da Superliga.

Na partida de ontem, o primeiro set foi comandado pelo Banespa / MasterCard / São Bernardo até a metade deste, principalmente com o bom rendimento do bloqueio – responsável por quatro pontos – e o aproveitamento dos contra-ataques – três pontos. Porém, a Unisul / Cimed conseguiu equilibrar a partida a partir do bom rendimento do atacante Giovane, que iniciou mal. Apesar dos 11 erros da equipe catarinense, o Banespa / MasterCard / São Bernardo não conseguiu aproveitar a chance de fechar o set. Em 31 minutos, a Unisul / Cimed fez 27 a 25.

Errando menos e forçando um pouco mais o saque, o Banespa / MasterCard / São Bernardo abriu uma vantagem considerável no início do segundo set. Os catarinenses reagiram com saques fortes, fazendo com que o Banespa / MasterCard / São Bernardo tivesse dificuldades para rodar com o primeiro ataque. A igualdade se manteve até o final, quando o técnico Mauro Grasso promoveu a entrada de Leandro e Leozão, na inversão do 5×1. As trocas foram fundamentais, pois um bloqueio – o único do set – e um contra-ataque de Leozão fecharam a parcial, que durou 30 minutos, em 26 a 24 para o Banespa / MasterCard / São Bernardo.

A tônica da primeira metade do terceiro set foi o equilíbrio, com os meios de rede Alberto, do lado do Banespa / MasterCard / São Bernardo, e Juliano, pela Unisul / Cimed, sendo bastante acionados pelos levantadores. A baixa quantidade de erros fez com a partida fosse disputada em alto nível técnico, até o momento em que a recepção do Banespa / MasterCard / São Bernardo passou a ter dificuldade para receber o saque catarinense. Grasso trocou quatro titulares, mas não conseguiu impedir que os anfitriões fechassem o set em 30 minutos, com 25 a 20.

No quarto set, Grasso manteve Ricardo Serafim e Michael entre os titulares. A exemplo dos primeiros sets, o Banespa / MasterCard / São Bernardo abriu vantagem no início, mas desta vez não deixou a Unisul / Cimed encostar. Ricardo, no saque e Michael, no ataque e no bloqueio, foram fundamentais para a vitória por 25 a 18, em 26 minutos.

As duas equipes fizeram a opção pela segurança no quinto set, forçando pouco o saque e valendo-se de bolas altas. A experiência de Giovane foi decisiva para a vitória do atual campeão da Superliga. Após 26 emocionantes minutos, a Unisul / Cimed fechou o set em 16 a 14.

O técnico Mauro Grasso concluiu que a recepção foi o fundamento que mais deixou a desejar. “Nosso passe foi horrível, o pior que nós já tivemos nessa Superliga”, lamentou. Para o treinador, a equipe entrou apática e esperando a mesma facilidade que encontrou no primeiro turno, quando derrotou a Unisul / Cimed por três a zero, porém ressaltou a boa exibição da equipe adversária. “Eles jogaram muito bem, com destaque para o Giovane”, analisou. Nos momentos decisivos o Banespa / MasterCard / São Bernardo voltou a repetir erros, o que irritou Grasso. “Outra vez tivemos chances de fechar o jogo e desperdiçamos”, concluiu.

Jogaram pelo Banespa / MasterCard / São Bernardo: Vinhedo, Riva, Nalbert, Filipe, Alberto, Silêncio e o líbero Polaco, além de Leandro, Léozão, Ricardo Serafim e Michael. Pela Unisul / Cimed jogaram Marcelinho, Giovane, Braz, Zanuto, Juliano, João Paulo e o líbero Marquinhos, além de Sens, Leandro, Bruno e Alê.

Fonte: Photo&Grafia Comunicação

Veja também:

Rua Dr. Rafael de Barros, 596
CEP: 04003-043 - São Paulo, SP
(11) 3053-9560