Federação Paulista de Volleyball

FPV

BANESPA/MASTERCARD FIRMA PACTO E CAI NA FOLIA

04 fev 2005

Santo André (SP) – O presidente da Escola chamou seus diretores e resolveu tomar uma série de medidas para que seus ritmistas e passistas não atravessassem o samba nesse Carnaval. Enquanto as escolas de Samba produzem sambistas, o Banespa/MasterCard/São Bernardo gera atletas. No regulamento do “desfile”, a consciência dos componentes é a chave para manter a harmonia e garantir a evolução na avenida, e também na Superliga. Para isso, jogadores e comissão técnica firmaram um pacto de “Responsabilidade Carnavalesca”.

A preocupação do técnico Mauro Grasso com a integridade do trabalho é a mesma de um carnavalesco nessa época. Qualquer falta de sintonia pode abrir espaços entre as alas e comprometer todo o planejamento no momento mais importante do ano. Pensando nisso, a comissão técnica, além das conversas, programou uma palestra com a nutricionista Luciana Setaro antes de os jogadores serem dispensados para os quatro dias de Momo. A orientação abordou temas como nutrição, desidratação e outros cuidados.

A folga é considerada por técnicos e jogadores como essencial para se recuperar de um mês quase ininterrupto de compromissos profissionais. A psicóloga da equipe, Anahy Vieira Couto, enfatizou a importância do descanso. “Foram muitos jogos e clínicas durante o mês de janeiro. É preciso retomar a vontade de treinar e jogar. Toda rotina maçante leva à desmotivação.” Anahy lembra que a juventude do time não o impede de ter responsabilidade, e acredita no grupo. “A gente (comissão técnica) faz a nossa parte, procurando orientar, mas acredito que eles, apesar de serem jovens, têm um objetivo profissional muito claro”, conclui, arrumando as malas para Florianópolis, onde vai descansar, namorar e aproveitar um pouco “se tiver alguma bagunça”.

Todos estão viajando para encontrar a diversão à sua maneira. No bloco dos que querem sombra e água fresca estão o ponta Léo, o meio Alberto e o líbero Polaco. Depois do treino desta sexta (04), os três pegam o caminho das praias catarinenses de São Francisco do Sul. Filipe toma a estrada em direção ao interior de São Paulo e vai com a namorada, a jogadora Luciana do Finasa/Osasco, para uma fazenda. “Quero montar a cavalo e tirar leite de vaca”, sorri o mineiro de Joaíma. Completa o time de enamorados o oposto Riva. “Vou para Três Corações, só namorar e relaxar”, admite o capixaba de Vitória. Quem também viaja para matar saudade é o ponta Piá, mas da família. O jovem atacante vai passar o feriado em Cascavel. O levantador Leandro fica na terra da esposa, Brasília, com ela e o filho.

Entre o descanso e a folia estão o meio Michael e o levantador Vinhedo. O primeiro faz uma parada em Birigui (SP), vê a família, e vai para Araçatuba passar o Carnaval. “De dia eu descanso, e à noite, se tiver um baile eu vou me divertir”, planeja. Vinhedo pretende curtir a folia do Rio de Janeiro até domingo. “Quero assistir aos desfiles na Sapucaí e pegar algum bloco em Ipanema. Depois vou descansar um pouco”, anima-se o paulista de Itapeva.

Quem pretende aproveitar a festa popular mais tradicional do país é o carioca Nalbert. “Fico em Salvador sábado e domingo, de lá viajo para o Rio e assisto aos desfiles de segunda-feira”, revelou. Na cola do capitão do time vai o ponta Ricardo Serafim. Mas Ricardo fica na capital baiana até terça. “Vou ficar nos camarotes, sair no trio do Chiclete com Banana ou da Ivete Sangalo, e depois vou conhecer as praias, o Pelourinho, pois é a primeira vez que visito Salvador.”

Praia e campo também são os destinos da comissão técnica do Banespa/MasterCard/São Bernardo. O supervisor Rubens Rizzo vai trabalhar no comércio do filho no Guarujá, enquanto o gerente José Montanaro Júnior vai mergulhar em Guaecá, no litoral norte de São Paulo. Para o interior vão o técnico Mauro Grasso, o médico Júlio Nardelli e o preparador físico Fábio Correia. Todos eles disseram que o programa vai ser familiar.

Porém, em meio à ansiedade pelo feriado, um elemento do grupo destoa da alegria pré-carnavalesca, o massagista Luiz Carlos Souza, o Luizão. Com fama de folião e fã dos desfiles de escolas de samba, Luizão deve ficar de fora da folia por conta de uma contusão nas costas. “Minha família quer que eu vá para um retiro”, lamenta o ex-integrante do Salgueiro e da Águia de Ouro

Fonte: Photo&Grafia Comunicação

Veja também:

Rua Dr. Rafael de Barros, 596
CEP: 04003-043 - São Paulo, SP
(11) 3053-9560